O cantor Victor Chaves, que faz dupla com o seu irmão Léo, pediu para ser afastado de suas funções como jurado do reality show The Voice Kids. O sertanejo acabou se envolvendo em uma briga doméstica e, segundo informações registradas em um boletim de ocorrência, o cantor teria agredido sua esposa grávida de quatro meses.

O programa que foi ao ar neste domingo (26) e o próximo, já estavam gravados anteriormente, portanto, ainda tem a presença de Victor como jurado. A emissora optou por mantê-los. O apresentador do reality show, André Marques, fez um pronunciamento sobre o assunto.

André Marques informou aos telespectadores do programa dizendo que um fato de extrema importância teria ocorrido durante a semana envolvendo um dos técnicos.

Publicidade
Publicidade

O apresentador foi contundente em dizer que a acusação que pesa sobre o jurado é bastante grave. Como porta-voz da emissora, André disse que a Globo repudia qualquer tipo de #agressão e que os fatos precisam ser investigados para que a verdade possa prevalecer.

Segundo o apresentador, o próprio sertanejo procurou a produção do programa solicitando o afastamento para que pudesse ter mais tempo para se dedicar à apuração dos fatos. Ainda, de acordo com André Marques, a equipe de jornalismo da emissora vai acompanhar o caso.

Violência doméstica

O caso ganhou repercussão na mídia na última sexta-feira (24) e passou a ser um dos assuntos mais comentados. Poliana Chaves, esposa do sertanejo, prestou queixa contra Victor na última sexta-feira (24). Ela afirmou ter sido agredida com chutes após ser jogada no chão.

Publicidade

A agressão aconteceu em Belo Horizonte, na residência do casal que fica localizada no Bairro Luxemburgo, região Centro-Sul da capital mineira. Depois que a vítima registrou a ocorrência, foi encaminhada para o IML – Instituto Médico Legal - para a realização do exame de corpo de delito.

Segundo a polícia, a discussão entre o casal iniciou por motivos fúteis. Poliana teria tentado deixar a residência depois da agressão, mas foi impedida pela irmã do sertanejo e um segurança, somente conseguiu deixar o local depois que uma vizinha ouviu a briga e chamou o elevador para que ela pudesse sair do prédio. O cantor sertanejo Victor ainda não se manifestou sobre o assunto. #Violência #Casos de polícia