Segundo o resumo dos próximos capítulos da novela "A Terra Prometida", Jéssica e Iru resolvem avançar na relação.

No capítulo previsto para esta sexta-feira (23) no folhetim veiculado pela Rede Record, Iru e Jéssica levam Acsa até Naftali.

Logo em seguida, Iru pede Jéssica em casamento. Elias também pede a mãe de Laís.

A relação improvável de Jéssica e Iru ocorreu depois que Melina morreu, assassinada por Yussuf, e após Iru salvar Jéssica da morte ao cair em um riacho.

O casal caiu nas graças do público e foi se aproximando aos poucos, com Iru consolando a ex parceira de tramoias de Mara por conta de seu sofrimento em razão de não ser amada por Salmon, que se casou com Raabe.

Publicidade
Publicidade

Eles acabaram se apaixonando e agora estão prestes a trocar alianças, em meio à reta final da novela "#A Terra Prometida".

Resumo dos próximos capítulos da novela "A Terra Prometida"

Ainda segundo o #Resumo dos próximos #capítulos da novela "A Terra Prometida" para esta sexta-feira (23), Adonizedeque descobre por Pirã que Úrsula e Abul estão tramando contra ele, mas prefere ficar em silêncio fingindo que não sabe de nada.

O capítulo também mostra a sequência de Isaque e Salmon encontrando a codorna morta por conta de uma flechada. Eles levam a flecha a Josué, provando a inocência de Salmon, que volta a morar no acampamento. Ele diz que certamente foi alvo de uma armação.

Porém, o principal destaque da novela "A Terra Prometida" é a queda de Mara, que finalmente tem suas maldades descobertas por Josué.

Publicidade

No capitulo, Mara tenta matar Elói depois de descobrir que Ioná engravidou. Ela finge pedir desculpas ao genro levando pães para ele. Quando Elói se vira de costas, a vilã tenta acertá-lo com uma faca, mas é interrompida pela chegada de Raabe, que nada percebe.

A mesma Raabe conta para Josué que flagrou a megera fazendo feitiçaria. Josué conta o que soube a Aiúde, que pressiona Mara e ela acaba contando que ajudou Racal no sequestro de Boaz, que seria sacrificado.

Josué entra na tenda avisando que ouviu tudo e ordena a prisão da vilã da história assinada pelo autor Renato Modesto.