O #FilmeQuatro vidas de um cachorro” conta a história do cachorro Bailey, que reencarna repetidas vezes após morrer. Mesmo quando seu tempo na Terra acaba, o cachorrinho continua voltando à vida com o sonho de reencontrar o seu primeiro dono e maior amor, Ethan. Para isso, Bailey vai conhecer muitas outras pessoas e viver novas aventuras.

Apesar de o filme emocionar os amantes dos animais, sua estreia no último dia 26 foi rodeada de polêmica. Isso porque o TMZ divulgou um vídeo mostrando maus-tratos com os animais.

O vídeo

Para gravar uma cena aquática, um Pastor Alemão, identificado como Hércules, deveria entrar em um tanque que simulava uma correnteza.

Publicidade
Publicidade

Porém, o vídeo divulgado mostra o cão com medo e sem vontade de entrar na água, enquanto o treinador força-o a entrar no tanque. Além disso, poucos segundos depois, a cabeça do animal fica submersa por aproximadamente quatro segundos, causando pânico nas pessoas ali envolvidas, com a possibilidade de o animal se afogar.

O diretor Lasse Hallstrom publicou em seu twitter que não presenciou o ocorrido. “Eu não presenciei essas ações. Nós estávamos todos comprometidos a oferecer um ambiente amoroso e seguro para todos os animais do filme. Me prometeram que uma investigação exaustiva está acontecendo e que qualquer infração será denunciada e punida”.

O vídeo causou críticas, ameaças e manifestações. O PETA (Pessoas Pelo Tratamento Éticos dos Animais) foi o primeiro grupo a liderar um movimento na internet para que as pessoas boicotassem o filme.

Publicidade

Apesar da grande revolta, o filme estreou positivamente nos EUA, e ficou em segundo lugar do final de semana de sua estreia, arrecadando US$ 18,4 milhões nesse mesmo final de semana, sendo que a produção do filme ficou em torno dos US$ 22 milhões. Porém, a distribuidora do filme, a Universal Pictures, esperava que o filme rendesse mais dinheiro (entre US$ 20-30 milhões) nesse período, mas a quantia em questão não foi obtida em virtude dos protestos e boicotes.

Enquanto isso, o vídeo divulgado é investigado para saber se os maus-tratos são reais ou se o vídeo foi manipulado. #Cachorros #Cinema