Morreu, na manhã do dia 28 de janeiro, último sábado, o ex-assistente de palco da emissora Globo, Russo, aos 85 anos de idade. Ele estava hospitalizado há algum tempo para tratar uma pneumonia, entretanto, veio a sofrer algumas complicações e infelizmente não resistiu.

Russo, que trabalhou 46 anos na Rede Globo de televisão, não teve seu momento de homenagem no Jornal Nacional, que optou por prestar uma homenagem, de aproximadamente um minuto, ao ator britânico renomado nos cinemas, John Hurt, que faleceu no mesmo dia que Russo. Tal atitude gerou grandes críticas por parte dos internautas, que twittaram estar decepcionados com o telejornal pelo fato de terem homenageado o ator britânico, sem homenagearem Russo, uma vez que até mesmo outras emissoras falaram sobre o acontecido sem cerimônia, e a emissora em que Russo trabalhou por mais de 40 anos não tocou no assunto durante a exibição do Jornal Nacional.

Publicidade
Publicidade

O ex-assistente de palco, Antônio Pedro de Souza e Silva, ceu início a sua carreira no programa “Cassino do Chacrinha”, que foi ao ar em 1965, mas também trabalhou no Caldeirão do Huck, Domingão do Faustão e TV Xuxa. Vale ressaltar que Xuxa e Luciano Huck lamentaram a morte do velho companheiro de palco.

Em uma entrevista ao UOL, Russo falou sobre seu afastamento da emissora em 2004, pois ele não queria ficar sem trabalhar e aposentado. Porém, seu crachá foi cancelado e ele não podia acessar a emissora sem autorização. Russo contou ao UOL sobre sua tristeza em não poder acessar a roleta, pois queria rever seus amigos, os estúdios e todo o resto que conviveu por 46 anos. Ele acrescentou dizendo que seu coração ficava triste e que ele não gostava de ficar parado, gostava muito de trabalhar.

Publicidade

Além disso, o ex-funcionário da Globo contou ao Extra sobre seu salário, que era muito baixo e devido a isso necessitava morar de aluguel.

Como uma forma de demonstrar a mágoa e o descontentamento que Russo sentia pela emissora, o mesmo, um tempo antes de seu falecimento, gravou um vídeo em que mostrou um cartaz irônico de agradecimento a Globo por ter se esquecido da existência dele. #JornalNacional #Famosos #Rede Globo