A cerimônia do Oscar 2017 terminou de forma confusa, na madrugada desta segunda-feira (27). Na entrega da última estatueta, a de melhor filme, o apresentador Warren Beatty se confundiu, anunciou “#La La Land: Cantando Estações”, mas o real vencedor foi “#Moonlight”.

O anúncio

Warren Beatty puxou o papel que continha o nome do vencedor do Oscar de melhor filme em 2017 e disse com toda a certeza do mundo: “La La Land”. A equipe do filme se levantou, se abraçou e se dirigiu ao palco da principal cerimônia de premiação do cinema.

No palco, houve discursos de agradecimentos até que o erro foi notado pelos próprios vencedores, que exibiram o envelope com o nome correto.

Publicidade
Publicidade

Só aí a equipe de “Moonlight”, que era apontado como o único filme que poderia vencer “La La Land”, foi chamada para que o erro fosse desfeito.

Em meio à tensão, as pessoas no palco repetiam que aquilo não era uma piada. Quem assistia à cerimônia pela televisão ou estava na plateia do teatro de Los Angeles onde o evento aconteceu, não entendia nada. Warren Beatty pegou o microfone e assumiu o erro histórico.

Até que todos caíram em si e perceberam que de fato “Moonlight” era o vencedor e que tudo o que havia acontecido não era uma piada. Era real. Beatty trocou o nome dos filmes.

As equipes dos dois longas-metragens ficaram no palco e confraternizaram, enquanto as estatuetas eram passadas para as mãos certas. Assim terminou a cerimônia do #Oscar 2017.

“La La Land” levou seis estatuetas e foi o maior vencedor da noite: melhor atriz, melhor diretor, música original, trilha sonora, fotografia e design de produção.

Publicidade

Perdeu em uma categoria importante, a de melhor ator, e na maior delas, a de melhor filme.

Erros

Erro como o que aconteceu nesta noite é algo inédito na história do Oscar, mas em 2015 uma gafe na premiação de Miss Universo chamou a atenção de todos. Steve Harvey, que apresentava a cerimônia, anunciou a Miss Colômbia, Ariadna Gutiérrez como vencedora, mas estava enganado.

Ele corrigiu o erro, pedindo desculpas, enquanto a colombiana sorria emocionada, e falou que a real vencedora era a Miss Filipinas, Pia Alonzo Wurtzbach. As cenas exibidas para todo o mundo foram constrangedoras.