Uma polêmica publicação foi feita pelo portal de notícias 1 News nesta semana causou enorme repercussão na internet. O site 'News Rondônia' foi um dos que fez as chamadas suítes sobre o caso, que é uma espécie de desdobramento da notícia. A manchete fala que um #Pastor evangélico da África está fazendo uma determinação bastante diferente. Ele não quer mais que nenhuma das suas fiéis mulheres usem roupas de baixo. Com isso, as devotas não podem usar calcinha, tampouco sutiã. Segundo o pastor, o que motivo tal pedido é que sem a calcinha o poder sobrenatural de Deus, literalmente, "penetraria" mais fácil. Ao fim dessa notícia, dois pastores brasileiros comentam o pedido inusitado do colega evangélico.

Não é a primeira vez que o caso envolvendo o pastor africano vira notícia em todo o país.

Publicidade
Publicidade

O portal de notícias Pulse foi outro que abrangeu mais detalhes sobre essa incrível situação. O Pulse revela, por exemplo, que o caso aconteceu em Nairóbi, uma das cidades mais conhecidas do Quênia. O que vem em seguida bate com o que foi dado pelo 1 News nessa semana. O religioso, de fato, pregaria o poder da liberdade em seus cultos. Sem as roupas íntimas, o ser humano se remeteria à criação e ficaria mais próximo de Deus. Geralmente, ao longo da história, o batismo na igreja católica - com crianças - era feito com o batizado sem roupa. Hoje muitas igrejas molham apenas a cabeça da criança e ela fica vestida.

Na Lord’s Propeller Redemption Church, no entanto, ninguém fica visivelmente nu. No entanto, embaixo das saias, as mulheres são proibidas de irem de calcinha à igreja. O religioso que faz tamanho pedido é Njohi.

Publicidade

Não é a primeira vez que ele vira notícia por conta de episódios polêmicos e estranhos na instituição religiosa. No passado, por exemplo, ele virou notícia ao pedir que os fiéis, durante o culto, comecem grama. Novamente, Njohi afirmou que o ato aproximaria os devotos de Deus. Por enquanto, a maioria dos fiéis tem cumprido os pedidos à risca.

Veja abaixo o vídeo que mostra uma discussão a respeito do pedido curioso feito por esse pastor:

#Famosos #Religião