PewDiePie conseguiu se meter em mais uma polêmica, dessa vez foi com o YouTube que cancelou a segunda temporada da nova serie "Scare Pewdiepie", depois que ele publicou um vídeo com ofensas aos judeus. Há poucos dias o yutuber mais famoso do mundo sofreu uma grande perda quando viu sua parceria com a Disney ser cancelada e, para piorar mais ainda sua má sorte a plataforma deu um chega pra lá na participação de seu canal na publicidade premium. Felix Kjellberg ou PieDiePie com é conhecido, teve a infeliz ideia de publicar no último sábado (11) um vídeo mostrando dois indianos segurando um cartaz, onde se lia a frase: "Death to All Jews" ou "Morte a Todos os Judeus" - em tradução livre.

Publicidade
Publicidade

Depois ele confessou que havia pago os homens para fazer a 'brincadeirinha'.

A repercussão negativa começou a aparecer logo em seguida e Pew viu escorrer por entre seus dedos um bocado de contratos. o #youtuber mostrou-se arrependido, porém, já era tarde, ele agora não faz mais parte do exclusivo grupo de publicidade do Google. Mesmo tendo milhões de seguidores por conta de seu vídeos polêmicos, o rapaz entendeu que ultrapassou os limites e, por causa disso, sua conta bancária poderá sofrer um duro golpe.

Alguns dos vídeos polêmicos onde aparecem saudações nazistas, suásticas e claras referências a Hitler, já foram removidos, inclusive o último que gerou toda essa polêmica. Na tentativa de justificar-se, Kjellberg fez um post explicando que só quis mostrar a loucura do mundo moderno e como estão à disposição de qualquer um, online.

Publicidade

"Eu escolhi algo absurdo para mim - pessoas no Fiverr que diriam qualquer coisa por US$ 5", lamentou o youtuber.

Ele ainda declarou que não apoia nenhum tipo de grupo de ódio ou atitude odiosa e seu conteúdo é somente para servir de entretenimento às pessoas, nunca com cunho político e pede desculpas pelas piadas terem sidos ofensivas. Contudo o site neo-nazista "The daily stormer" declarou-se o maior fansite de Pew, agradecendo ao sueco por torná-los mais confiáveis diante da população. #YouTube