A atriz #Andressa Urach foi demitida no começo do mês da Rede Record, ligada à Igreja Universal do Reino de Deus, mas parece não ter nenhuma intenção de abandonar a denominação à qual se converteu depois de, no final de 2014, quase ter morrido - chegou a ser internada em uma UTI devido a uma infecção causada pela aplicação de hidrogel para aumentar suas coxas. Felizmente, o susto não deixou sequelas na saúde da ex-vice Miss Bumbum.

Um dos pontos altos do relacionamento entre a igreja, liderada pelo polêmico bispo Edir Macedo, e Andressa foi o livro Morri para Viver - Meu submundo de fama, drogas e prostituição que, baseado nos depoimentos dela, foi escrito por Douglas Tavolaro, vice-presidente de jornalismo da emissora e falava de sua vida antes da conversão.

Publicidade
Publicidade

Além de falar de sua luta contra a morte, a obra aborda assuntos escabrosos ou incrivelmente íntimos, tais como a perda da virgindade com um meio-irmão, sua obsessão por um corpo perfeito, com as consequentes cirurgias plásticas, o sexo que fez um cachorro, e, como o subtítulo promete, seu uso de drogas e sua vida na prostituição.

Cheio de revelações chocantes, a obra foi criticada por muitos como um projeto exibicionista de alguém que, sob a capa de um depoimento sobre sua conversão e arrependimento, estava era querendo chamar atenção com baixarias. Já os líderes da Universal viram-na como exemplo de alguém que resolveu deixar uma vida repleta de pecados para se entregar totalmente a Cristo – e também como uma eficiente propagandista da fé evangélica.

No começo de fevereiro de 2015, a atriz deu um depoimento sobre sua conversão no Templo de Salomão, pertencente à Universal, diante de milhares de fiéis.

Publicidade

Pouco tempo depois, foi contratada pela emissora para atuar como repórter no quadro Eu Sobrevivi, no programa Domingo Show, em que entrevistava artistas que, como ela, tinham sobrevivido a graves problemas de saúde.

A atriz, procurada por jornais, não quis falar sobre sua demissão, e a assessoria de imprensa da famosa sugeriu que se procurasse a Record para esclarecimentos. A emissora, porém, também preferiu não comentar o assunto. O que se sabe, por enquanto, é que o entusiasmo religioso de Andressa não dá sinais de ter arrefecido – nas redes sociais, ainda posta fotos de suas participações em projetos sociais de sua denominação e continua fazendo propaganda de serviços de conteúdo da Universal. #Famosos