Sabrina Sato, madrinha da bateria da Gaviões da Fiel, a quinta escola a entrar no primeiro dia dos desfiles no sambódromo do Anhembi, chegou atrasada no desfile, fazendo com que a agremiação começasse o desfile sem sua rainha. 15 minutos depois, Sato apareceu à frente da bateria, com uma fantasia mostrando seu belo corpo. Na fantasia estava faltando o costeiro, mas isso mão impediu que a apresentadora fosse muito aplaudida, além de esbanjar charme, simpatia e muito samba no pé.

Na chegada à dispersão, Sabrina Sato disse aos jornalistas que o atraso foi por conta de um pedido da própria escola, "Cheguei cedo no hotel e a escola me pediu pra esperar e receber a imprensa, dei entrevistas no meu quarto, eu estava pronta a mais de duas horas e me pediram pra ir de carro, estava um engarrafamento enorme, desci do carro e fui correndo pela marginal, eu chorava e corria muito, parecia cena de filme, ainda fiquei menstruada, as pessoas na rua gritando VAI SABRINA!, isso foi o que me deu mais força, entrei por trás da bateria, foi muito emocionante, achei que não chegaria a tempo.

Publicidade
Publicidade

"

Em entrevista a revista QUEM, Sabrina Sato revelou que ficou muito chateada e que chorou muito no final do desfile, porque se preparou o ano todo para representar a sua escola de coração. Sabrina completou dizendo que entrar na avenida representando as cores de sua escola é um orgulho e que este ano por vir vestida de cangaceira e representar a mulher nordestina, era a "ealização de um sonho: "Estas mulheres guerreiras, são um grande orgulho, elas acordam cedo, fazem o café, arrumam os filhos pra escola, vão pro trabalho, ralam o dia todo, voltam de noite em conduções lotadas, fazem janta, lavam roupa, arrumam a casa, será que conseguem descansar?"

A Escola de Samba Gaviões da Fiel, contou a história de migrantes, que vem de outros estados do Brasil, principalmente o nordeste, para recomeçar a vida.

Publicidade

Nos carros alegóricos, a agremiação mostrou como povos de diferentes estados chegaram à capital paulista, com imagens mostrando a rodoviária e uma locomotiva.

O desfile da Gaviões da Fiel, veio com muitas crianças e cadeirantes, e a bateria veio com seus componentes vestidos de cangaceiros. Escudada por quatro lindas mulheres, a bateria deu um verdadeiro show na avenida. #Carnaval