Os bastidores da #Novela "A Lei do Amor" estão preocupados com uma situação que pegou a todos de surpresa. O ator Reynado #Gianecchini deixará, em breve, o Brasil. Mas o que está chamando a atenção, é que a novela ainda não terminou as suas gravações. De acordo com o colunista Leo Dias, o ator chegou a ir em um centro de saúde, no Rio de Janeiro e tomou a vacina contra a febre amarela, antes da possível viagem.

Gianecchini provou que iria embora, mas ninguém sabe pra onde. Segundo informações, ele tomou a vacina depois de ver um programa de um telejornal da TV #Globo. O programa "Bom Dia Rio" entrevistou a Superintendente de Vigilância em saúde, Cristina Lemos e ela explicou a importância da vacina para quem pretende viajar para fora do País.

O papel de Gianecchini na novela é um dos mais importantes e ainda existem várias gravações a serem feitas. Todos aguardam ansiosos o motivo dessa viagem e porque tem que ser justo agora, em meio as gravações.

Briga

Há alguns dias atrás, o ator se envolveu em uma briga com a atriz Cláudia Abreu, com quem ele contracena na novela. Eles são protagonistas da "A Lei do Amor" fazendo um par romântico, porém, nos bastidores eles se desentenderam. O problema ocorreu devido eles não conseguirem decidir qual forma de gravar a cena seria melhor. Os diretores preferiram não intervir na discussão, que se manteve até o dia seguinte.

Após a repercussão da confusão, o ator concedeu entrevista negando o episódio. De acordo com ele, esse papo de desentendimento é furado.

Planos

O ator, que já foi curado de um câncer, há cinco anos, contou que após o término da novela, iria voltar ao teatro. Ele revelou ter um projeto lindo, mas admitiu que está um pouco cansado e que precisava descansar. "Preciso viajar, estar mais com minha família, ler livros, ver peças, filmes, descansar um pouco", afirmou o ator.

Gianecchini, 44, disse estar ótimo de saúde e não se preocupar nem um pouco com a velhice. "Preciso apenas cuidar mais do meu corpo, que anda cansado devido a correria do dia a dia", disse ele.