Monika Nascimento causou durante sua apresentação neste domingo, 27, no desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. Monika foi à Marquês de Sapucaí representando o Acadêmicos do Salgueiro no #Carnaval do Rio de Janeiro. A linda mulher deu o que falar, mostrando muita exuberância com o seu bailado, mas também acabou mostrando demais. É o que informa a cobertura especial do Carnaval da RedeTV!. A fantasia da musa do Acadêmicos do Salgueiro deu o que falar. A gata estava com um traje com muitos cristais. A fantasia, antes mesmo dela entrar na avenida, chegou a mexer com a cabeça de muitos marmanjos. Isso porque muita gente não tinha certeza se a parte íntima da gata estava ou não à mostra.

Publicidade
Publicidade

Um fotógrafo, no entanto, acabou fazendo uma imagem muito constrangedora, que por conta de seu conteúdo precisou de edição para ser publicada nos principais sites do país. A genitália da musa acabou sendo exibida e ninguém sabia se ela estava ou não usando um tapa-sexo. Usando uma calcinha cavadíssima, Monika se jogou no samba deixando à mostra o que poderia ser sua parte íntima ou um míni tapa-sexo. Na dúvida, muitos foliões fizeram uma análise sobre o caso nas redes sociais. "Para mim, ela mostrou mesmo, mas não vi o menor problema. Isso é Carnaval", disse um internauta que viu as imagens e aprovou as imagens expostas.

Pelo regulamento do Carnaval carioca, de acordo com o manual da Liga Independente das Escolas de Samba (Liej), não se pode mostrar a genitália na avenida.

Publicidade

Caso qualquer componente seja visto nu, a escola pode perder pontos. Isso em disputas concorridas, onde um décimo faz toda a diferença, torna-se muito importante. Aparentemente, isso não deve acontecer com o Salgueiro, que é uma grande escola de samba.

Na sua opinião, o que foi mostrado pela musa do Salgueiro pode, de alguma forma, acabar prejudicando a escola? Não esqueça de deixar o seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas importantes para a sociedade brasileira.