Todo mundo sabe que a Rede Globo de Televisão é o maior canal de TV do país. Por conta disso, muitos eventos são comprados por ela, mas não todos. Na tarde deste domingo, 19, por exemplo, uma transmissão esportiva, por exemplo, virou notícia em todo o país. O Coritiba deveria duelar contra o rival Atlético Paranaense, em uma partida válida pelo Campeonato Paranaense, mas o jogo, simplesmente, não ocorreu. Inicialmente, os clubes disseram que fariam a exibição da partida através da internet, por meio do Facebook e Youtube. No entanto, na hora 'H', o que houve foi um desistência e os torcedores, que foram ao estádio, ficaram "na mão".

Durante a transmissão feita pela internet, os responsáveis pelos clubes culparam a federação local de Futebol, pois no último segundo não teria permitido que a partida fosse exibida na internet.

Publicidade
Publicidade

O motivo? Um suposto contrato com a #Globo que não permitiria a exibição através da web. Até hoje cedo, no entanto, a Federação dizia outra coisa, revelando que a Globo não entrou em acordo com os times. Ou seja, Coritiba e Atlético Paranaense não teriam chegado a uma conclusão sobre a compra e venda dos direitos de imagem. Com a revolução da tecnologia e a autonomia cada vez maior dos clubes, a Globo encontra dificuldade ao realizar acordos específicos.

De acordo com informações do site 'Natelinha', especializado em televisão, o episódio deixaria clara uma briga entre a Globo e a Turner, responsável pelo canal a cabo Esporte Interativo. No sábado, o Esporte Interativo decidiu ajudar os clubes - sem cobrar nada - a fazer uma transmissão mais profissional do clássico pela internet. Câmeras, repórteres e até narrador e comentarista que fazem parte do elenco do EI foram chamados.

Publicidade

Online, até mesmo os Geradores de Caracteres do EI foram utilizados. Apesar da partida não ter ocorrido, o número de pessoas que estava conectada impressionou. Ao todo, 285 mil pessoas se conectaram, ao mesmo tempo, pelo Facebook e pelo Youtube.

E você, o que achou da briga? #Famosos