Um dos paranormais mais conhecidos do Brasil, Carlinhos, não cansa de fazer previsões na imprensa. Conhecido no país inteiro por ter previsto a tragédia da Chapecoense, quando 71 pessoas morreram em uma queda aérea na cidade de Medellín, na Colômbia, o paranormal, dessa vez, está prevendo algo muito ruim para um famoso nome da televisão brasileira. Segundo #Carlinhos, em entrevista a um programa de rádio do Sul do Brasil, um famoso apresentador de televisão morreria ainda nesse ano por conta de um ataque cardíaco. Carlinhos já tinha dito algo parecido durante participação no programa 'A Tarde é Sua', comandado pela jornalista Sônia Abrão, na RedeTV!.

Ele disse que o apresentador que vai infartar é dono de uma emissora de televisão e que sua morte vai provocar dez dias de luto no Brasil.

Publicidade
Publicidade

Sônia Abrão, na época de sua entrevista, não quis nem saber o nome do comunicador para não ter possíveis problemas jurídicos. No entanto, os fãs do mundo da televisão cogitam que a pessoa mencionada pelo paranormal seja Silvio Santos. O comunicador completou em dezembro passado seus oitenta e cinco anos e, apesar de ser um homem bastante idoso, segue na ativa, aceitando muitos trabalhos. "Logo ele, acho que esse Carlinhos não tem poder nenhum de prever nada. Ele não disse o nome e faz a gente acreditar que seja o Silvio", disse uma pessoa que comentou as previsões do #Vidente nas redes sociais.

Além de prever a tragédia com o time da Chapecoense e a morte de um famoso apresentador, o paranormal ainda chegou a fazer previsões sobre o mundo e o nosso país. Ele garante, por exemplo, que uma forte chuva vai atingir a região Serrana do Rio de Janeiro e que entre duzentas e trezentas pessoas serão mortas na tragédia.

Publicidade

Ele ainda fala sobre um possível terremoto que vai atingir a maior cidade do país, São Paulo. Ele garante que pelo menos cem prédios cairiam na região, mas não fala em mortos nesse caso.

E você, o que pensa sobre as previsões de Carlinhos? Não esqueça de deixar seu comentário. Ele é sempre muito importante.