A novela "Senhora do Destino" marcou época, deixou vários personagens marcantes para a história da televisão e está de volta ao ar no "Vale a Pena Ver de Novo" na Rede Globo. Sempre que falamos nessa novela nos lembramos da paraibana Maria do Carmo em busca da sua Lindalva e dividida entre o amor de dois homens.

Da vilã Nazaré, que aprontou todas durante a trama. Do Ubiraci, do Portuga, do ex-bicheiro Giovanni Improtta e muitos outros personagens que deixaram saudade. Mas a maior saudade, aquela que não cura, é a saudade deixada pela #Morte. Confira alguns atores e atrizes que já não estão mais entre nós:

José Wilker

Em 2014, o "felomenal" José Wilker faleceu aos 69 anos, vítima de um infarto fulminante.

Publicidade
Publicidade

Ele foi Giovanni Improtta, um dos personagens mais marcantes da novela. Cheio de humor e frases de efeito. Seu último papel foi na novela "Amor à Vida" como Herbert, em 2013.

Raul Cortez

Ele viveu o Pedro, Barão de Bonsucesso. Na época, ele se retirou da novela para a remoção de um tumor na região do pâncreas e do intestino delgado. Em 2006, o ator foi novamente internado e veio a falecer. Seu último trabalho foi em 2006, Antônio Carlos Ribeiro de Andrade, na minissérie “JK”.

Miriam Pires

A atriz faleceu de toxoplasmose aos 77 anos, no ano de 2004. Ela estava no meio da novela, fazendo o papel de Dona Clementina, uma espécie de cozinheira e governanta da casa da família Ferreira da Silva. Ela foi "substituída" pela atriz Cristina Mullins, a Aurélia.

Yoná Magalhães

Yoná nos deixou no ano 2015, devido a um problema no coração.

Publicidade

Na novela, ela interpretou Flaviana, a sogra de Giovanni Improtta. O seu último papel foi Glória Pais, na novela "Sangue Bom".

Mara Manzam

Em 2009, Mara faleceu vítima de um câncer nos pulmões que já tratava há dois anos. Na época, ela fazia a indiana Dona Ashima, em “Caminho das Índias”. Já na novela “Senhora do Destino”, ela faz a cunhada da Maria do Carmo, Janice, casada com Sebastião.

Ítalo Rossi

Em 2011, morreu aos 80 anos, devido a complicações respiratórias. Em "Senhora do Destino", ele interpretava o mordomo Alfred, que trabalhava na casa do Barão de Bonsucesso. O último papel do ator foi Lair Miranda, do humorístico “Toma Lá, dá Cá”, marcante pelo seu bordão “É maraaaaa”.

Podemos dizer que os artistas são eternos, pois mesmo que não vivam mais neste plano, ainda podemos apreciar a sua obra. #celebridades #Novelas