Angélica começou o seu programa na Rede Globo de Televisão deste sábado, 18, com um quadro de culinária. O 'Estrelas' teve início com uma entrevista de #Angélica com o apresentador João Gordo, que, recentemente, decidiu virar vegetariano. A esposa de Luciano Huck então informou que ela não comia nenhum tipo de carne desde os 17 anos, mas que começou o processo aos 13 anos. Angélica já apareceu no próprio 'Estrelas' comendo peixe, que apenas para lembrar, é um tipo de carne animal. No entanto, o público não perdoou e, em meio à Operação 'carne fraca', da Polícia Federal, lembrou um polêmico comercial da loira apresentado em 2015.

Na ocasião, Angélica e Luciano Huck fizeram um comercial em família sobre as salsichas Perdigão.

Publicidade
Publicidade

Na propaganda, a comunicadora dá uma grande mordida em um cachorro-quente, enquanto seu marido olha ao fundo parecendo não acreditar no que estava vendo. O comercial e seus produtores não imaginavam que o assunto renderia tanto e Angélica precisou dar alguns entrevistas, nas quais disse que era sim vegetariana, mas que também comia salsichas. A loira passou a ser zombada e humilhada nas redes sociais, após insistir, mais uma vez, que quem come peixe e salsicha pode ser sim chamado de vegetariano.

A Perdigão, marca que Angélica foi garota-propaganda no ano de 2015 é apenas uma das muitas citadas durante a Operação da Polícia Federal.

Publicidade

Em uma gravação, um dono de frigorífico falava que colocou carne de cabeça na linguiça, o que, segundo as regras da Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, não é permitido, pois traz riscos à saúde. O público então fez piadas sobre o fato da loira parecer adorar salsichas e da famosa risada de Luciano Huck.

Infelizmente, Angélica não é a única artista que ganhou uma 'bolada' para fazer propaganda dessas marcas e que agora está sendo acusada de promover a 'Carne Podre'. Na sua opinião, famosos como ela deveriam ter mais cuidado ao assumirem um tipo de propaganda, mesmo com uma controversa tão evidente? Deixe seu comentário. Ele é sempre importante. #Carne Fraca