Depois de deixar a carreira de jornalista no #Jornal Nacional, #Fátima Bernardes decidiu se dedicar ao mundo do entretenimento, fundando o programa chamado “Encontro com Fátima”, da TV Globo. A apresentadora também foi convidada para fazer vários comerciais para empresas famosas. Uma delas é a Seara, vendedora de carnes e derivados. Fátima Bernardes trabalhou como garota-propaganda da Seara. Porém, nesta última semana, foi descoberto um escândalo no mundo das vendas de carnes no país. Muitas carnes, mesmo podres, estavam sendo vendidas para a população, causando muitos problemas de saúde nas pessoas. A empresa para a qual Fátima estava trabalhando, está envolvida nesta polêmica. A apresentadora decidiu acabar com seu contrato e não é mais garota-propaganda na empresa.

As campanhas publicitárias da ex-esposa do apresentador de televisão, William Bonner, eram uma das mais bem pagas do Brasil. Especula-se que a apresentadora faturou mais de 5 milhões de reais por mês com as campanhas publicitárias. Fátima começou seu contratado com a Seara no ano de 2014. Em seu primeiro cachê ela recebeu cerca de 3 milhões de reais. Porém, com o grande sucesso dos comerciais seu cachê teve um grande aumento.

Os fãs da apresentadora esperam que ela se pronuncie o mais rápido possível, mesmo sabendo que ela não está envolvida no escândalo, pois era apenas uma peça essencial na publicidade e não estava envolvida da produção dos alimentos. Em 2016, um exemplo bem parecido aconteceu nos Estados Unidos. O ator Pierce Brosnan pediu desculpas publicamente, pois estava fazendo parte do comercial de uma empresa, que teve produtos analisados e comprovou-se que continham ingredientes cancerígenos.

Após o escândalo das carnes podres, a agência que faz negociações em nome na Seara revelou que Fátima Bernardes rompeu seu contrato com a empresa. Apesar de não ter pedido desculpas publicamente, os fãs acharam a atitude muito correta, pois ela está deixando de ganhar alguns milhões de reais da empresa envolvida no escândalo. #Carne Fraca