A situação dentro da casa do “Big Brother Brasil 17” ficou insustentável nas últimas horas depois que Ilmar deixou Emilly sozinha no quarto do líder e todos os participantes do reality perderam 500 estalecas. Questionado, Mamão, como é conhecido, ironizou: “O que são 500 estalecas?”. Por atitudes como essa, o apresentador #Tiago Leifert anunciou, ao vivo, nesta terça-feira (21), que a tolerância será zero a partir de agora.

“"Perderam 500 estalecas, deram risada; perderam o quarto do líder, deram risada; o pessoal foi pedir desculpa, esnobaram. E ainda disse que ia encurralar o programa, a partir de agora a tolerância é zero para qualquer punição", disse o apresentador.

Publicidade
Publicidade

“Já temos dois meses de programa e eles estão cansados de saber das regras. A brincadeira acabou. Por isso hoje, eles não vão ter recado da família, a festa de amanhã está cancelada e não terá drink do sobrevivente para os que ficarem do paredão. Terminou a palhaça, acabou a brincadeira”, finalizou Leifert.

A internet, claro, foi ao delírio com o discurso do apresentador. Muitos internautas elogiaram no Twitter, onde a hashtag Tiago Leifert foi parar nos trending topics (ranking dos assuntos mais comentados) do microblog.

O programa desta terça-feira marcou a eliminação de Rômulo no oitavo paredão da atual edição do reality show mais famoso da TV brasileira. Com 65,12% dos votos, o diplomata deixou a casa mais vigiada do Brasil.

O médico Marcos foi votado por 28,85% do público.

Publicidade

A aposentada Ieda foi lembrada por 6,03% dos votantes. Restam sete participantes na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

Além de Marcos e Ieda, continuam na casa o agente de trânsito Daniel, a estudante Emilly, o advogado Ilmar, a paratleta Marinalva e a advogada Vivian. A disputa deve continuar intensa nas próximas semanas.

Ainda não se sabe se na próxima semana o paredão continuará sendo triplo ou voltará a ter apenas dois participantes. Nas últimas seis semanas, a berlinda sempre reuniu três brothers e o mais votado deixou o programa.

Os telespectadores que torcem contra Marcos e Emilly querem o paredão duplo de volta, porque aí há chance dos dois se enfrentarem. #Big Brother Brasil #Tolerância zero