Como escreveu Antoine de Saint-Exupéry, autor de, entre várias outras obras estimadas, 'O Pequeno Príncipe': "O amor não consiste em olhar um para o outro, mas em olharem ambos na mesma direção". Já seria difícil manter um romance em um ambiente artificial e com pouca privacidade como o do confinamento do #Big Brother Brasil, mas as diferenças evidentes de concepções amorosas entre Emilly e Marcos tornam a tarefa quase impossível.

O médico pediu várias vezes espaço e privacidade, inclusive para manter conversas com outras pessoas sem ter a moça seguindo-o de um lado para outro. Enquanto isso, perde-se em recordações dos ex-namorados, diz que queria tê-la por perto vinte e cinco horas por dia.

Publicidade
Publicidade

As DRs (discussões da relação) do casal se tornaram um dos elementos mais familiares aos telespectadores desta edição do programa. O cirurgião plástico já confessou ter medo do que pode vir a descobrir sobre sua coestaduana fora da casa. A verdade é que parece haver uma séria desconexão entre os dois, que não conseguem nem se comunicar de forma efetiva nem estabelecer uma rotina para o relacionamento que não seja correr de crise em crise com paradas na cama do Quarto do Líder (outro dos elementos mais familiares aos telespectadores - e dos que mais chamam a atenção das redes sociais) pelo caminho. Até a família de Marcos está fazendo campanha pela eliminação de Emilly.

A mais nova crise a explodir no relacionamento do casal foi provocada por uma conversa do médico com Vivian. Ele e Ilmar foram para perto do muro durante uma festa e tentaram fazer contato com o pessoal do Lado Americano.

Publicidade

Quem respondeu, em inglês, foi a participante de Manaus. Pouco depois, o cirurgião voltou para perto de Emilly e tentou beijá-la, mas ela já estava de cara amarrada e não quis saber do gesto de carinho.

"Eu não posso falar com a Vivian?", reagiu Marcos. Inconformado com os ciúmes da parceira, voltou ao muro e ficou forçando-o para tentar chamar a atenção de Vivian novamente - acabou advertido pela produção por isso.

Pouco tempo depois, a gaúcha foi à cama de Marcos colocar tudo em pratos limpos. Disse que não toleraria mais essa história dele ficar usando Vivian para fazer ciúmes nela e que, se ele está interessado na manauara, que corra atrás da moça. "Basta", resumiu.

Marcos, por sua vez, tentou novamente beijar Emilly. Desta vez, ela cedeu e os dois voltaram a se agarrar debaixo do edredom. Ele aproveitou a situação para declarar seu amor e pedir para a moça deixar de ser boba e abandonar seus ciúmes exagerados. #BBB Big Brother Brasil