Emilly conseguiu voltar de mais um paredão para alegria de seus fãs e desespero dos habitantes da casa 'americana' e da família de Marcos, não é mesmo?

Do lado 'mexicano' da fronteira era só alegria já que Emilly e Marinalva tinham muitos motivos para comemorar a permanência no BBB17.

Já do lado das terras do 'tio sam' o clima era de revolta e indignação, Ieda, Vivian, Rômulo e Roberta pareciam que estavam participando de um velório.

Revolta americana

O resultado do paredão onde Pedro foi eliminado com mais de 70% dos votos deixou a trupe americana revoltada. Roberta e Vivian ficaram em estado de choque, Rômulo tentava entender o que poderia ter acontecido e Ieda estava literalmente assustada com o rumo que o jogo tomou.

Os quatro confinados do lado da casa principal chegaram a conclusão que se queimaram fazendo a combinação de votos, segundo eles este foi o recado dado por Tiago Leifert a Pedro que era um dos principais articuladores do jogo.

Publicidade
Publicidade

Roberta para variar ficou com cara de choro o resto da noite, já Vivian se desentendeu com Ieda quando a 'Mama' disse que combinou votos para salvar a manauara. Vivian não gostou nada desta justificativa e deu um 'chega pra lá' em Ieda.

Rômulo ainda tentou falar com os confinados em terra mexicanas do outro lado do muro, mas não obteve muito sucesso, já que os 'hermanos' não queriam muita conversa.

Festa mexicana

A social depois do retorno do paredão só aconteceu em território mexicano, até mesmo porque as duas vencedoras estavam do lado de lá. Música, petiscos, bebidas e alegria de sobra. Ilmar era a cara da felicidade, realizado com a vitória das colegas de confinamento ele brincou, dançou e cantou.

Mas é claro que a noite não foi só de flores e afeto, Emilly conversou com Daniel e deixou claro que ainda não engoliu o voto dele para que ela fosse eliminada, por sua vez 'Dan' confessou a Marinalva que estava feliz com o retorno da gaúcha mas que a jovem era muito amarga.

Publicidade

Já a paratleta detonou Ieda e a chamou de maquiavélica.

Certo é que Marcos, Emilly, Ilmar, Daniel e Marinalva estão ansiosos pensando na prova do líder que acontece nesta quinta-feira (9). Então dentro do BBB17 está declarada guerra entre México e Estados Unidos.

Comemoração debaixo do edredom

Como sempre Marcos e Emilly foram comemorar na cama, carinho vai, carinho vem e o clima esquentou de vez. Marcos sentindo-se protegido pelo edredon pede a Emilly para que ela ignore a presença dos colegas de confinamento no quarto e que transe com ele de boa. A gaúcha se assusta com a proposta e nega o pedido.

Porém algum tempo depois os movimentos do edredon e os sussuros sob ele insinuam que Marcos 'pegou' a gaúcha de jeito.

O que você acha do casal Marcos e Emilly? Deixe sua opinão nos comentários abaixo. #TV Globo #Reality #BBB Big Brother Brasil