O #Ator e diretor Ben Affleck, famoso por sua participação em grandes sucessos do cinema, como Armagedon, Batman e Argo, admitiu que fez recentemente um tratamento contra o vício em álcool. Nesta terça-feira (14), ele utilizou o Facebook para divulgar aos fãs e seguidores que concluiu o tratamento.

Na publicação, que já teve mais de 99 mil curtidas e 8 mil compartilhamentos, Affleck disse: “Terminei o tratamento para o vício do álcool; algo que já lidei no passado e continuarei a confrontar”.

Ele seguiu dizendo que quer viver a vida ao máximo e ser o melhor pai que puder. “Eu quero os meus filhos saibam que não há vergonha em pedir ajuda quando você precisar dela”.

Publicidade
Publicidade

O ator disse ainda que o último tratamento foi "a primeira de muitas medidas tomadas para uma recuperação positiva".

Suas batalhas contra as bebida duram quase 16 anos. Sua primeira internação foi em 2001. No Facebook, o ator também aproveitou para agradecer o apoio de toda família, incluindo a ex-companheira Jennifer Garner, com quem ele tem três filhos.

Ele ainda disse que espera servir como exemplo para outras pessoas que sofrem com a doença do alcoolismo, mas que não conseguem dar o primeiro passo em busca de ajuda. Veja o post feito por Bem Affleck:

Famosos que já admitiram vício em álcool

O vício em bebidas é uma doença séria, que não escolhe classe social, atingindo ricos, pobres, #Famosos e anônimos no mundo inteiro. Não são poucas as pessoas que têm a vida destruída pelo alcoolismo, pois são relutantes em admitir que estão doentes e, assim, não procuram ajuda.

Publicidade

Muitos famosos que passaram por esta fase conseguiram superar os problemas com a bebida.

As personalidades Lindsay Lohan, Mel Gibson, Jamie Lee Curtis, Anthony Hopkins, Johnny Depp, Elton John, Steven Tyler, Robert Downey Junior, Robin Williams, Stephen King, Michael J. Fox, Daniel Radcliffe e Melanie Griffith sofreram com o vício e tiveram grandes perdas na vida pessoal e profissional devido ao não tratamento da doença.

No Brasil, o alcoolismo é considerado doença, e quem sofre desse mal pode procurar ajuda gratuita através do Sistema Único de Saúde (SUS) e nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPs). Também é valida a interação com grupos de apoio, como o Alcoólicos Anônimos (AA), que já ajudou milhares de pessoas a se livrarem do vício. #celebridades