Os brothers e sisters ficam inventando toda hora algo para matar o tédio. Mas na noite desta segunda-feira (13) a brincadeira teve que ser encerrada rapidamente. Eles se escondiam na área externa da casa até que Marcos levou um chute de Emilly e ficou reclamando com dor na barriga, no local do chute.

As câmeras mostraram claramente a "agressão". Ela levanta a perna e atinge o affair. Ele cai, se encolhe, mas logo depois levanta.

Claro que esse assunto foi motivo para uma DR. Eles se reencontraram na sala da casa mais vigiada do Brasil e tiveram a discussão na frente de Roberta, Ieda, Rômulo e Vivian. Marcos reclamou do chute e sem esperar as desculpas ou explicações de Emilly se encaminhou para a área externa.

Publicidade
Publicidade

Emilly então se justifica com as pessoas próximas dizendo que ele também brinca de forma agressiva, quase a sufocando, quando pega em seu pescoço. Ela pede para ele parar e ele pede para ela revidar.

Já com os ânimos mais calmos, Marcos foi para o banho e Emilly foi atrás pedir desculpas. Emilly disse que não tinha o objetivo de agredi-lo.

Já Marcos também pediu desculpas por tocar no pescoço da sister, mas engatou um conselho: "Só peço para tu cuidar da tua impulsividade", finaliza o brother.

Fato é, a própria Ana Paula Renault, que foi desclassificada por dar um tapa em Renan, disse que Emilly deveria ser eliminada também. Em sua coluna no UOL a ex-sister publicou um artigo com o título: "Emilly agrediu Marcos? Se um tapa é um tapa, um chute é um chute". Será que a Globo vai eliminar a sister?

O casal tem protagonizado as únicas cenas interessantes e movimentadas de um programa que cada vez tem menos audiência.

Publicidade

Muito pouca coisa acontece e para tentar agitar os ânimos a Globo já tentou várias alternativas.

Tentou subir um muro da discórdia que caiu rapidamente. Tiago Leifert já foi acusado de manipular o jogo de acordo com o gosto do público fora da casa. As edições de programa também já foram acusadas de defender a sister Emilly.

Agora, talvez como última alternativa, o programa trará uma sister com nervos à flor da pele do programa "Gran Hermano", versão hispânica do Big Brother Brasil. Elettra Lamborghini, a escolhida para integrar temporariamente a casa do BBB, tem 22 anos é neta do criador da marca de carros Lamborghini. Ela é socialite, já agrediu uma outra sister no programa espanhol e promete agitar o programa tupiniquim. Sua entrada na casa está prevista para a próxima quarta-feira, 15.

#eliminação #BBB Big Brother Brasil