A vida pessoal de #Bruna Linzmeyer é bem diferente de boa parte dos artistas globais. Ela não é de aparecer em baladas, pouco comenta sobre relacionamentos e mantém uma total discrição sobre a vida pessoal.

A atriz ganhou um papel importante na próxima novela das 9h global, "A Força do Querer", de Glória Perez. Logo no evento de lançamento da novela, na noite desta quinta-feira (23), ela foi questionada sobre seu namoro com a cineasta Kity Féo e a reação dos pais quando souberam da notícia.

Bruna não negou o relacionamento homoafetivo com a cineasta (aliás nem tinha motivo, já que foi ela quem publicou em seu Instagram o fato) e disse aos jornalistas que sua preocupação sempre foi com relação à reação de seus pais sobre o assunto.

Publicidade
Publicidade

Os pais moram no interior de Santa Catarina e são de família muito tradicional.

A loira dos olhos verdes disse que não lê as notícias e releases sobre ela mesma, sobre sua vida íntima. Entretanto, sobre os pais ela diz que de vez em quando liga para casa deles e pergunta se está tudo bem, como andam as coisas por lá. E a reação dos pais é sempre perguntar se Bruna tem algo a lhes contar. Ela nunca teve uma conversa aberta com os pais sobre o assunto.

Pelo fato dos pais da loira serem de família do interior, tradicional e de uma outra geração, ela tem a certeza que o assunto não seria muito bem digerido por ambos. Mas, mesmo assim, ela afirma ter uma comunicação afetuosa com os pais e como ela também está bem, isso é o que importa.

Ela ainda disse entender a curiosidade dos fãs sobre a sua vida pessoal, já que, principalmente quando está no ar, entra pela TV na casa de milhões de brasileiros.

Publicidade

Entretanto, afirma ter necessidade de ter um canto para chamar de "seu" e se mantém longe dos holofotes para tentar se preservar de alguma maneira. Ainda disse que sua prioridade é o trabalho.

Sobre o romance de Bruna e Kity, uma cineasta 24 anos mais velha que a atriz, a notícia foi divulgada em maio de 2016 e gerou muita polêmica entre os internautas. Na época, Bruna Linzmeyer foi alvo de vários ataques homofóbicos pelas redes sociais #namorada #Homofobia