Há três anos atrás, o apresentador do Sistema Brasileiro de Televisão (#SBT), #Silvio Santos, teve um câncer de pele na perna direita e foi tratado. Porém, o mesmo câncer voltou a atormentar a vida de Silvio. No final do ano passado, antes dele embarcar de férias para uma viagem nos Estados Unidos, começou o tratamento para a remoção de um tumor na testa. De acordo com os seus familiares, a saúde dele voltou ao normal após a cirurgia e agora ele está bem.

Em janeiro, Silvio Santos apareceu em algumas fotos tiradas com seus fãs. Nas imagens é possível ver uma cicatriz em sua testa. isso chamou a atenção de todos e as pessoas próximas a ele confirmaram a doença.

Publicidade
Publicidade

Analisando as fotos do dono do SBT, dá pra ver que em 2013 já existia uma pequena mancha em sua testa. Em 2016, em uma foto tirada junto com a apresentadora Angélica, a pinta escura já estava bem maior. E hoje, no lugar dela, tem uma cicatriz.

Volta de Silvio

A emissora aguarda com ansiedade a volta de Silvio Santos para os programas ao vivo. É provável que no final deste mês ele já retornará às suas atividades. A grade do SBT, em janeiro, foi tomada pelos melhores momentos de seus programas. Sem contar, que Silvio ainda tem vários episódios inéditos, já gravados, para todos os domingos do mês de março.

Câncer

Silvio comentou, em uma entrevista, no mês de fevereiro de 2014, que já tinha passado por duas cirurgias contra o câncer. Na primeira, realizada em 2013, ele retirou a próstata. No mesmo ano, em dezembro, ele teve o câncer de pele e retirou um tumor da perna direita.

Publicidade

Quem sempre cuidou das cirurgias do apresentador, é o médico Miguel Srougi, considerado o melhor urologista do Brasil. Na época, Silvio contou que a cirurgia foi simples e aconteceu dentro do esperado. "Era ferida, virou tumor e já foi retirado", afirmou.

Com 86 anos, o dono do SBT já está definindo quem entrará em seu lugar nos programas. Em breve, suas filhas serão as responsáveis em dirigir a emissora. Elas serão oficializadas donas do SBT.

Em 23 de fevereiro, o presidente Michel Temer publicou decretos facilitando a transferência indireta e a modificação do quadro diretivo. #cancer