A Polícia Civil de Minas Gerais divulgou, nesta segunda-feira (13), que o inquérito instaurado para investigar o suposto caso de agressão cometida pelo cantor Victor Chaves, da dupla sertaneja #Victor e Leo, ainda está em andamento. O artista foi acusado de agredir sua esposa, a empresária Poliana Bagatini, de 29 anos, que está grávida e denunciou o suposto crime no último dia 24 de fevereiro, em Belo Horizonte.

Publicidade

De acordo com Poliana, a agressão teria acontecido no bairro Luxemburgo, onde o casal tem um apartamento. Neste domingo (12), o cantor prestou depoimento na delegacia de mulheres da capital mineira. Ele foi ouvido pela polícia por cerca de duas horas. Além dele, Marisa Chaves Zapalá Pimentel, mãe do artista, e Paula Chaves Zapalá Pimentel, irmã de Victor, foram interrogadas por cerca de uma hora cada.

Em entrevista coletiva transmitida pelo portal O Tempo no Facebook nesta segunda-feira, a delegada responsável pelo caso, Danúbia Quadros, disse que o laudo emitido pelo IML não apontou lesão aparente na vítima e que o exame de corpo de delito neste caso não é conclusivo. Victor é investigado por agressão, e a polícia aguarda um laudo pericial da análise feita a partir das imagens obtidas pelas câmeras de segurança do prédio para dar prosseguimento com as investigações.

Ao denunciar o marido, Poliana Bagatini afirmou que havia sido empurrada e chutada por Victor no elevador do prédio. Nenhum morador do local presenciou o ataque, o que torna ainda mais importante o uso das imagens do circuito interno para comprovar as acusações. Segundo Danúbia Quadros, não há prazo para a entrega do laudo das imagens. O prazo inicial é que o inquérito será encerrado em até 30 dias contados a partir do dia 25 de fevereiro, mas pode ser prorrogado.

Para minimizar o caso, Poliana Bagatini chegou a publicar uma carta em sua rede social no dia 26 de fevereiro afirmando não ter considerado como agressão a reação do marido. Segundo ela, o que desencadeou o desentendimento com Victor foi uma discussão que ela teve com sua sogra.

Marisa Chaves, mãe de Victor, disse em depoimento para a polícia que, no dia anterior à denúncia, sua nora chegou a seu apartamento transtornada, fazendo ameaças e quebrando objetos. A mãe do cantor prestou queixa contra a empresária e disse que no momento do desentendimento, sua filha, Paula Chaves, tentou acalmar Poliana, que estava chorando e se debatendo no chão. #Relacionamentos #Famosos