Dakota Johnson, a estrela da trilogia Cinquenta Tons de Cinza declarou recentemente que simplesmente "ama" seu colega de cena, o ator Jamie Dornan (34). Ambos reprisam seus papéis no segundo longa, que estreou no início de fevereiro: Cinquenta Tons Mais Escuros que conta um novo episódio na relação dos protagonistas, Anastasia Steele e Christian Grey.

Dakota falou recentemente sobre o quão desconfortável ela se sentia enquanto filmava as cenas de #sexo e de como Jamie a ajudou a manter uma atitude bem humorada diante de tudo: "Ele é genuinamente uma das maiores e mais próximas amizades que já fiz na vida, baseando-se no tempo que tivemos para nos conhecer.

Publicidade
Publicidade

Eu amo o Jamie, eu confio nele e eu não poderia ter feito tudo aquilo sem ele".

A atriz está atualmente ocupada com as filmagens do #Filme Suspiria, na Itália e também com os trabalhos de Sound of Metal, ambos sem previsão de estreia no Brasil ainda. Já Jamie está envolvido com a nova adaptação de Robin Hood para o #Cinema, no qual interpretará o personagem Will Scarlet.

Ainda sobre o colega, Dakota declarou que durante as filmagens dos três filmes de Cinquenta Tons de Cinza (o terceiro também já foi finalizado, a estreia ocorre no ano que vem), Jamie é seu "companheiro dos sonhos": "Ele sempre me apoiou e eu o apoiei. É muita coisa pedir a dois atores esse tipo de entrosamento emocional, essas cenas sexuais... mas nós sabemos que estamos orgulhosos do trabalho".

No entanto, a própria atriz sabe que suas declarações podem ser mal interpretadas num contexto errado, tanto pelos fãs do casal nas telas quanto pela mídia.

Publicidade

Então, ela rapidamente acrescentou que Jamie tem sido um grande amigo e que ela adora sua esposa, a compositora Amelia Warner.

"Eu adoro sua esposa e adoro as suas duas filhinhas. Eles são uma perfeição de família!", declarou, quebrando qualquer tipo de rumor. E sobre as cenas quentes ela declarou: "Filmar uma cena de sexo não é algo sensual nem envolve um ambiente prazeroso. É quente sim, mas não no sentido sexual. É apenas suado e nem um pouco confortável. Pra piorar, minhas mãos e pés estavam amarrados, eu estava vendada e o negócio no fim das contas, começava a ficar bizarro!".