#Adele realizou um emotivo tributo às vítimas dos ataques terroristas de #londres, durante seu concerto em Auckland, na Nova Zelândia, na quinta-feira. A cantora londrina disse aos fãs que se sentia "estranha", por não estar em casa, antes de dedicar seu single Make You Feel My Love às vítimas do atentado, que vitimou cinco pessoas, e deixou vários feridos.

Um homem, de nacionalidade britânica, radicalizado ao Estado Islâmico, atropelou várias pessoas em uma ponte em Westminster, antes de esfaquear um policial que fazia a segurança do parlamento de Londres. A polícia conseguiu abater o homem antes que ele fizesse ainda mais estragos.

Publicidade
Publicidade

"Hoje houve um ataque terrorista em Londres, minha cidade natal. Estou literalmente do outro lado do mundo, mas quero que vejam nossas luzes e nos ouçam", disse a cantora de 28 anos. Adele disse que tudo o que queria era "estar em casa com sua família e amigos". No entanto, a cantora mostrou todo o seu profissionalismo, continuando com o show, apesar de toda a emoção, depois do que tinha acontecido.

A cantora de 'Hello' contou ainda que não tinha nenhum familiar entre as vítimas, antes de dedicar uma canção para as vítimas: "Há quatro pessoas que não estão bem, então vamos dedicar isso a eles esta noite". Foi uma Adele mais emotiva que se apresentou para atuar em Auckland, perante 50 mil pessoas. A cantora tem ainda agendados mais dois shows na cidade.

Os fãs ficaram muito sensibilizados com a emoção da cantora, e usaram as redes sociais para elogiarem a cantora britânica, uma das estrelas de maior sucesso por todo o mundo.

Publicidade

"A dedicatória de Adele a Londres, em seu concerto na NZ foi uma coisa linda para fazer", um fã escreveu no Twitter. Outro escreveu: "O tributo de Adele aos que morreram em Londres esta manhã. Não há palavras para descrever o quanto isso foi bonito. Nenhuma palavra pode descrever o quão incrível Adele foi".

Na semana passada, Adele realizou uma série de shows esgotados na Austrália e vai continuar longe de casa, se mantendo "do outro lado do mundo", por mais uns tempos, continuando com sua digressão, que está conquistando milhares de pessoas. De acordo com o The Daily Telegraph, o segundo concerto de Adele, em Sidney, na Austrália, teve uma audiência de 100.000 espectadores, o maior concerto a solo alguma vez realizado no país.

Veja o tributo de Adele a Londres:

#Atentado