A Polícia Civil de Belo Horizonte, em Minas Gerais, afirmou que o exame de corpo e delito envolvendo o cantor Victor, da dupla Victor e Léo, ficou pronto. O resultado, no entanto, não será revelado. Isso porque a esposa de Victor, envolvida nas acusações contra ele, solicitou à polícia que assim procedesse. Poliana Bagatini, grávida de quatro meses do artista, alega que não quer ter a intimidade da família preservada e que, para isso, está disposta a tudo. Poliana desmentiu o próprio primeiro depoimento dado na Delegacia Especializada na Mulher.

Poliana não quer que o resultado do IML seja exposto, mas em carta assinada e publicada nas redes sociais, ela diz que jamais o cantor Victor Chaves seria capaz de fazer qualquer coisa contra ela, pois ele é uma pessoa que não tem essas características.

Publicidade
Publicidade

A carta assinada foi publicada no Instagram de Léo e provocou grande polêmica na internet, que acabou sendo somado ao fato da polícia não querer divulgar a informação do laudo de corpo e delito envolvendo Poliana. "Nossa, como a própria polícia pode ceder a um pedido desse. Na minha opinião, isso é uma informação pública e deveria ser tratada dessa maneira", disse um internauta ao comentar o assunto.

Bagatini acabou viajando com o marido e a filha do casal, de apenas um ano, para o Paraná. Desde então, eles estão reclusos em família. O cantor, em rápida entrevista ao 'Fantástico', afirmou que não vai quer expôr à sua família. Ele, no entanto, afirmou que, de fato, não teria batido na esposa grávida de quatro meses, revelando que não costuma ter esse tipo de conduta. A vida de Victor Chaves acabou sendo revirada por conta do episódio.

Publicidade

Ele, que integrava o time do 'The Voice Kids', teve que deixar a atração da Rede Globo de Televisão.

E você, o que pensa sobre o fato da polícia afirmar que já tem o resultado do laudo do caso envolvendo Victor, mas ao mesmo tempo não dizer o que está contido dele? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo. #Famosos