André dos Santos, presidente da escola de samba paulista X-9, disse que Gracyane Barbosa nunca mais terá seus serviços aceitos pela agremiação carnavalesca. A informação foi dada à imprensa em tom de desabafo ontem, dia 3, no desfile das campeãs. Segundo ele, embora tenha ensaiado com a escola, a modelo avisou com apenas quatro dias de antecedência que não poderia participar do desfile porque viajaria a trabalho para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

A tradicional escola teve que procurar às pressas quem substituísse Gracyane na importante posição de rainha de bateria. A escolhida foi Tharine Dantas, de 26 anos, que se mostra bem consciente da imensa responsabilidade que lhe foi jogada sobre os ombros - responsabilidade aumentada, disse, pelo fato de estar substituindo uma famosa.

Publicidade
Publicidade

"Todo mundo fica de olho para ver se a gente comete algum erro", observou a moça depois da apuração.

Embora o furo de Gracyane não tenha impedido a X-9 de faturar o título de campeã do Grupo de Acesso paulistano, sem dúvida a atitude antiprofissional não foi digerida ainda pelos dirigentes e magoou especialmente aqueles que veem a agremiação como objeto de paixão. Não faltará quem veja no comportamento da mulher de #belo uma demonstração de espírito mercenário – dirão que tão logo alguma coisa mais lucrativa apareceu... A se levar a sério o que disse o presidente da escola, é provável que a experiência desagradável com a deserção de última hora leve a agremiação a mudar radicalmente sua política de escolha para os papéis-chave do desfile. "Temos de valorizar quem é da casa", concluiu André, citando o talento da substituta Tharine, que já foi musa do Caldeirão e Princesa do Carnaval.

Publicidade

Resta saber se a indignação e a opção preferencial pela prata da casa não vão, como as paixões de Carnaval, morrer antes da Semana Santa.

Também falta esclarecer o que exatamente Gracyane havia prometido à escola paulistana. Ela já dizia há tempos à imprensa que não poderia participar do Carnaval carioca, de que é veterana, porque tinha um compromisso profissional nos Emirados Árabes. Os torcedores da agremiação vitoriosa de São Paulo têm todo direito de perguntar como é possível que aqueles que conduzem os destinos de sua agremiação possam ter sido os últimos a saber. #Gracyanne Barbosa #Famosos