A modelo #Chrissy Teigen, de 31 anos, revelou corajosamente sua batalha com a depressão pós-parto após o nascimento de sua filha, Luna, no ano passado. A americana compartilhou com as pessoas um problema que afeta milhares de recém-mamães e que muitas vezes fica em segredo, um sofrimento silencioso. Em todo esse processo depressivo, Chrissy pode contar com o apoio do maridão, #John Legend. O cantor de 38 anos disse à revista People que ele fez o seu melhor para estar sempre lá para Chrissy.

Publicidade

.

Publicidade

O músico John Legend e a modelo e apresentadora Chrissy formam um dos casais mais queridinhos da América. A dupla é uma delícia para os fotógrafos e encantam por sua elegância, beleza e simpatia. Casados desde 2013, eles receberam sua primeira filha, Luna, em 2016.

Uma gravidez muito desejada e um parto feliz. Porém, depois do parto, Chrissy passou pelo drama da depressão. "Para mim, como marido, era meu trabalho fazer o melhor que podia para apoiá-la e entender o que ela estava passando e fazer o que pudesse para ajudá-la. Eu sentia que isso era o mínimo que eu poderia fazer", revelou o cantor de “All of Me”, uma de suas músicas de maior sucesso.

Legend revelou que ele também tentou imaginar o que sua esposa estava passando, pois não havia como compreender completamente: "Como um homem, você não sabe inteiramente o que ela sente. Você deve ler sobre isso e entender o que é e apenas estar lá para ajudar. Você precisa estar presente e você precisa ser compassivo".

Em uma entrevista muito reveladora, onde ele demonstrou uma vez mais todo o seu carinho pela esposa, John Legend aconselhou todos os homens a serem mais presentes e que tentem descobrir juntos o que se passa nos momentos mais delicados após o nascimento dos bebês..

Publicidade

Chrissy Teigen revelou, na semana passada, o drama que passou com sua depressão pós-parto, e o marido considera que ela foi muito corajosa, mostrando para todas as mulheres que "não importa quanto dinheiro você tem ou fama", qualquer pessoa pode passar por isso.

A depressão pós-parto atinge entre 10 e 20 % das mamães quando iniciam a relação com os seus filhos recém-nascidos, podendo começar na primeira semana após o parto e durar até dois anos. As mulheres apresentam choro, irritabilidade, cansaço e abatimento como principais fatores.

Naturalmente, bebê e marido acabam sendo também afetados com este diagnóstico. Além do carinho e compreensão, como John Legend disse, existem medicamentos e terapias que ajudam a combater os sintomas, mediante ajuda médica.

Assista ao vídeo de "All of Me", de John Legend:

#Famosos