Emilly conseguiu ganhar a prova do líder da última quinta-feira, 30, e agora vive um dilema: mandar para a berlinda uma das sisters que passaram todo o programa sendo suas inimigas ou mandar Ilmar ou Marcos para o paredão e confirmar a parceria com a turma comandada por Vivian e aconselhada por Ieda? Eis a questão. Para o pai da gêmea, Volnei Alves, essa será uma escolha muito difícil – uma das mais difíceis de toda a vida da gaúcha. No entanto, para o seu pai, seria interessante que a estudante mandasse ao paredão alguma das mulheres pelo fato de que, em seu passado na casa, os ‘meninos’ sempre estiveram ao lado dela, no entanto, agora que não estão mais.

Publicidade
Publicidade

“Ela não pode ir na onda da Ieda. Tem que tirar as mulheres primeiro e deixar os meninos.”, conta Volnei. Ele explica que, de fato, é necessário saber jogar e, pelo tempo em que Emilly já está na casa, ela já deve ter aprendido a fazer isso muito bem. Apesar disso, o pai da estudante afirma que é preciso fazer justiça, mesmo jogando e, dessa vez, de acordo com Volnei, a justiça será feita se a sua filha mandar para o paredão alguém que não seja um dos dois homens que estão na casa.

“Olha o que eles ajudaram ela no passado? Elas não ajudaram em nada [a turma de Vivian e Ieda]. Só detonaram a guria. Eu penso com a balança. Quem fez mais maldade com ela?”, explica o pai da gêmea. Apesar de defender Marcos e Ilmar, Volnei lembra que o cirurgião agiu errado ao se afastar de sua filha, pois, para ele, a união entre os três participantes conseguiria levá-los até a reta final do programa – como já conseguiu trazê-los até esse momento decisivo onde restam poucos participantes.

Publicidade

Volnei afirma que Marcos e Ilmar perceberam que Emilly é uma jogadora muito forte e, por isso, largaram mão de estar do lado dela. Para o pai da gêmea, o cirurgião e o advogado acharam que deixando a gêmea de lado ela não teria para onde ir e poderia ficar sozinha na casa, sem o apoio de nenhum dos dois grupos rivais. No entanto, Volnei diz que eles se enganaram ‘feio’, pois, Ieda aproveitou a oportunidade e logo puxou a gaúcha para o seu time: “Mas as falsianes receberam, né?”, diz o pai da gêmea que depois afirmou que os rapazes deram um tiro no próprio pé. #BBB Big Brother Brasil