A #Justiça brasileira declarou que, caso seja necessário, haverá força policial contra #Justin Bieber na sua chegada ao Brasil, com o objetivo de informar o cantor dos seus problemas antigos que tem na região do Rio de Janeiro. Tal como informa o site “RD1”, com os concertos marcados para ia 1 e 2 de abril, as autoridades brasileiras vão esperar no aeroporto pelo muito aguardado regresso do cantor, tudo porque ele tem um processo judicial de infrações que alegadamente cometeu em 2013, mas como saiu do país nunca tinha sido notificado. Mas será que Justin vai ser apanhado de surpresa?

A verdade é que essa não é a primeira vez que a Justiça de um país toma uma decisão forte contra Justin Bieber.

Publicidade
Publicidade

De relembrar que o cantor foi condenado à prisão na Argentina, depois de não ter comparecido uma única vez ao julgamento, por alegadamente ter agredido um fotógrafo quando ele passou por lá. Por isso mesmo, Justin se recusou a atuar agora nesse país, mas o mesmo também vai acontecer no Brasil, agora que ele vai ter problemas com as autoridades locais?

De fato, sabendo disso ou não, Justin Bieber vem mesmo ao Brasil, demonstrando que não está muito preocupado com as consequências que esse processo podem ter na sua carreira, mas também na sua vida. Como garante o site “RD1”, a acusação garante que, na passagem do cantor pelo país em 2013, ele pichou um dos muros do “Hotel Nacional”, sendo que essa ação teve que ser arquivada por ele alegadamente não ter sido encontrado pela Justiça, tendo conseguido sair antes.

Publicidade

Nas redes sociais, muitos “beliebers”, sobretudo brasileiros, afirmam estar preocupados com o que as autoridades podem fazer a Justin Bieber, temendo que o cantor fique chateado com a situação e decida, tal como aconteceu com a Argentina, não atuar mais no país em um futuro próximo. De relembrar que um grupo de fãs do jovem artista foi notícia durante muitos meses por estarem aguardando na fila, para o concerto do início de abril, desde o final do ano passado, gerando uma enorme discussão no "Twitter". #Famosos