Pablo Emílio Escobar Garvíria foi o narcotraficante mais famoso da história. Comandante do Cartel de Medellín, na Colômbia, ele e seus sicários eram responsáveis pela distribuição de cocaína nos Estados Unidos e em outros diversos países.

Neste ramo, tornou-se milionário, entrando para o ranking de homens mais ricos de sua época. A ambição era tanta que Escobar não media esforços para manter seu status e, impiedosamente, deixou milhares de vítimas em seu caminho. E agora, será que alguém seria capaz de assumir o seu lugar?

Na segunda temporada da série “#narcos”, produzida pelo #Netflix, podemos ver a ascensão e queda de “El Patrón”, como era conhecido, e nos últimos episódios, nos deparamos com a sua tão esperada morte.

Publicidade
Publicidade

Engana-se quem pensa que sem #Pablo Escobar o tráfico de drogas se extinguiria da Colômbia, pois um forte concorrente já competia pela liderança durante boa parte dos episódios: O Cartel de Cali.

Logo após a morte de Escobar, outros membros do Cartel de Medellín tentaram manter-se no topo do mercado de tráfico de cocaína, porém, com a morte de seus principais líderes, não demorou muito para o concorrente assumir a primeira posição. O novo antagonista da série será o já conhecido Gilberto Rodrigues Orejuela, dono do Cartel de Cali, interpretado por Damián Alcázar, juntamente com seu irmão mais novo, Miguel Rodrigues Orejuela, que chegaram a dominar 80% do mercado da droga dos Estados Unidos e 90% do mercado europeu.

Orejuela era conhecido como “O Enxadrista”, por ser um ótimo jogador de xadrez e utilizar as estratégias na vida real, estando sempre um passo à frente de seus rivais.

Publicidade

A terceira temporada de “Narcos” será repleta de cenas de violência, porém seus líderes não chegavam aos pés da crueldade de Escobar e preferiam lidar com suas negociações através de suborno.

Enormes quantias de dinheiro também serão comuns nos próximos capítulos, pois se estima que os irmãos tenham alcançado uma fortuna de US$ 12 milhões (R$ 37,3 milhões) em seu auge, ficando entre os mais ricos do mundo, assim como o falecido Pablo Escobar.

Outro personagem que continua na série como um dos protagonistas, é Javier Peña (Pedro Pascal), um dos agentes do DEA, órgão de combate ao narcotráfico dos Estados Unidos, responsáveis pela incansável procura ao Pablito. A terceira temporada de “Narcos” estreará ainda este ano.