Filha da #cantora Baby do Brasil, a pastora e cantora gospel Sarah Sheeva, anunciou em seu perfil pessoal no Instagram que começara a dar aulas de "como deixar de ser cachorra". A ideia de Sarah é que suas alunas aprendam a se tornar "princesas" e aprendam mais como deixar de ser "cachorra", anunciou na rede social.

Na descrição ela diz: "minha alegria é sobrenatural! Minha alegria não é porque tudo me vai bem. Minha alegria vem do Senhor que existe dentro de mim! E dia 12 de Abril estaremos recomeçando a nossa campanha com o "Culto das Princesas". Teremos apenas 1 aula por semana, sempre as quarta-feira às 19:30h, sendo o total de 12 aulas. O #Curso é para mulheres solteiras, casadas por enquanto não temos previsão de abrir vagas. Sempre no final do curso abrirei para responder dúvidas e perguntas das participantes. O objetivo do curso é para aprender a "deixar de ser cachorra" e se tornar a princesa que todas querem ser. A entrada é franca! Não haverá inscrição por enquanto."

A Pastora diz que nos encontros vai "rasgar o verbo", todas podem conversar, terá tempo de rir, chorar e adorar a Deus.

Publicidade
Publicidade

O curso é para mulheres que estão solteiras, casadas não podem participar e o objetivo é educar as mulheres solteiras a ter um comportamento mais recatado e do lar, afim de encontrar um homem para casar e viver o resto da vida. Homens são proibidos de participar. Com pouco espaço no local ela pede ainda para não fazerem caravanas pois o espaço é pequeno por enquanto.

A cantora confessou, em novembro de 2016, que está há 10 anos sem beijar na boca e "ver aquilo maravilhoso", ela prega que sexo só depois do casamento. Sarah já fez várias declarações polêmicas, entre elas em outra ocasião disse que: "meu corpo não é aeroporto de demônios" se referindo a pessoas que fazem sexo com vários parceiros.

Sobre o curso muita gente aproveitou do post e tiram sarro com comentários ofensivos, enquanto outros aproveitam e levam na esportiva convidando as amigas para irem no curso e confirmarem presença.

Publicidade