Segundo informações divulgadas nesta quarta-feira (15) pelo site TMZ, #Taylor Swift está prestes a lançar um serviço de #streaming de #Música, sem a opção de download - como funciona o Spotify. A cantora batalha, desde 2014, contra esse tipo de plataforma, por acreditar que o valor pago aos artistas, produtores e compositores não é o suficiente.

Pouco antes de liberar seu último álbum, "1989", em 2014, Taylor Swift retirou sua discografia do catálogo do Spotify. Apenas com o lançamento de "I Don't Wanna Live Forever", sua parceria com Zayn para a trilha sonora de "Cinquenta Tons Mais Escuros", retornou à plataforma. O rapper Jay Z tentou convencê-la a juntar-se ao Tidal, mas não também recebeu a negativa.

Publicidade
Publicidade

O único serviço de música por streaming que possui os álbuns de Taylor Swift é a Apple Music que, após uma carta feita pela cantora direcionada aos empresários do site, liberou a discografia aos poucos e participou de alguns comerciais para divulgar a plataforma.

De acordo com o TMZ, Swift está estudando a possibilidade de lançar uma plataforma com conteúdo de áudio e multimídia que não teria a opção download, além de lançar produtos relacionados à música, como palhetas, violões, baquetas e guitarras, além de oferecer cursos online. Ainda segundo a publicação, a papelada já estaria encaminhada e o nome seria em homenagem aos fãs de Swift, que se denominam como swifities.

Segundo informações liberadas nesta tarde pelo site Perez Hilton, Swift não irá lançar a plataforma.

Recorde YouTube

Apesar de sua batalha contra os serviços de streaming de música, Taylor Swift está quebrando recordes no YouTube e alcançando marcas que apenas cantores masculinos estavam atingindo.

Publicidade

Os dois primeiros singles de "1989", seu último álbum de estúdio, alcançaram a marca de dois bilhões de visualizações no YouTube/Vevo. "Shake It Off" e "Blank Space" conquistaram marcas que "Sorry", de Justin Bieber, e "See You Again", música de Wiz Khalifa e Chalie Puth do sétimo filme da franquia de "Velozes & Furiosos", atingiram.