A 8ª temporada (e última) de “#The Vampire Diaries” chegou ao fim e o último episódio dividiu a opinião dos fãs: enquanto uns ficaram decepcionados, outros ficaram satisfeitos. Agora que “Diários de um Vampiro” terminou, #Julie Plec revelou em entrevista à Entertainment Weekly o final que ela e Kevin Williamson tinham pensado para a série, quando ainda estava na 2ª temporada.

“Na 2ª temporada quando Kevin e eu (...) tínhamos nos apaixonado por essa série e essa história sobre dois irmãos que amavam a mesma garota, e o triângulo amoroso estava fazendo sucesso, dissemos: ‘Quando esse show terminar, os dois irmãos deviam morrer para salvar a sua garota e depois observá-la como fantasmas’”, disse Julie Plec, relembrando que na altura tinham introduzido na série o outro lado. “Ela viveria sua vida e provavelmente casaria com Matt Donovan ou talvez se tornasse uma médica, mas esses irmãos estariam lado a lado observando ela vivendo sua vida”, revelou.

No entanto, o sucesso da série, que fez com que a mesma durasse oito temporadas, e a saída de Nina Dobrev na 6.ª temporada de TVD, fez com que os produtores mudassem sua ideia original. “Eu senti que tínhamos que fazer o compromisso de ver Damon e Elena até o fim”, explicou a criadora de “The Vampire Diaries” à Entertainment Weekly.

“Se Nina nunca tivesse saído, eu teria adorado ter a oportunidade de ver se Stefan e Elena poderiam encontrar o caminho de volta um para o outro. Eu não sei se eles teriam, mas se ela não tivesse saído, a longo prazo veríamos se poderíamos trazer de volta o triângulo amoroso antes da série terminar e dar realmente essa escolha”, revelou Plec. “Mas a saída dela selou o contrato romântico entre Damon e Elena. Nesse momento, a série deixou de ser sobre o triângulo amoroso e se tornou em um show sobre o poder desses irmãos e o seu amor um pelo outro. E, por isso, eu nunca mataria ambos sem dar a nenhum deles um final feliz. Isso nunca iria acontecer”, concluiu.

Também em entrevista à EW, Kevin Williamson revelou ser um fã de Stelena. "Não é segredo que eu sempre torci para que Stefan e Elena terminassem juntos. Em outro universo, esse teria sido o fim, mas não tivemos tempo para contar essa história na última temporada porque não tínhamos a Elena. Não conseguimos voltar a juntá-los", confessou.

Julie Plec afirmou ainda que estiveram na dúvida entre matar Stefan ou Damon. "Havia duas alternativas: uma que dava um encerramento perfeito à temporada e depois outra que dava um encerramento a toda a série", diz Plec, admitindo que tiveram "tantas discussões sobre matar Damon como sobre matar Stefan" e que durante algum tempo foi Damon a alternativa mais provável. Caso Stefan sobrevivesse, seu destino seria encontrar sua redenção, ajudando crianças sobrenaturais, junto com Alaric e Caroline, na escola que eles abriram.

Final alternativo para Bonnie

Em outra entrevista, ao TVLine, Julie Plec falou sobre o final de Bonnie no último episódio de “Diários de um Vampiro”, falando da possibilidade de ela terminar com Matt Donovan. “Desde o episódio 3x05 que eu shippei silenciosamente Bonnie e Matt. Ligar a linhagem Donovan/Maxwell no flashback [no episódio em que os antepassados de Bonnie e Matt são melhores amigos] foi o meu esforço para fazer - como lhes chamamos, ‘Monnie?’ - acontecer”, disse a produtora.

Perder o seu amor épico não significa estar destinado a continuar sua vida sem amor. Você ainda pode ser feliz, ter um parceiro na vida, ter filhos, ter uma família. Eu pensei, ‘As duas pessoas que lutaram duramente para salvar a cidade e todo o mundo deviam conseguir isso’. Eu achei que seria legal se eles se tivessem um ao outro”, confessou a produtora de “The Vampire Diaries”.

“Considerámos a ideia em que eles teriam filhos e uma casa com cercas brancas (...) Em última análise, todo mundo achou que era mais sexy que - sendo Enzo a sua alma gêmea - ela pudesse simplesmente viajar, ter dezenas de amantes e aproveitar o mundo até chegar a hora de ela seguir em frente”, concluiu. #Seriados