Após mais uma tentativa frustrada de convencer o lider do reino, Rei Ezekiel, de que a guerra contra os #Salvadores mais cedo ou mais tarde iria chegar aos portões de seu reino, as coisas finalmente começaram a tomar outro rumo no episódio 13 da série, denominado "Bury me here". Após o plano desastroso de Richard, que resultou na morte de Benjamin, Ezekiel finalmente percebeu que não poderia mais assumir posição de neutralidade no cenário atual.

Fora toda sorte de problemas que ocorreram entre os Salvadores e o Reino, Carol foi pega de surpresa com a terrível notícia de que Abraham e Glenn foram mortos por Negan. Levando em consideração o fato de que Carol conhecia Glenn mais tempo do que qualquer um, isso visivelmente a deixou sedenta por vingança.

Publicidade
Publicidade

1- Fim do exílio de Carol

Após passar quase que a temporada inteira afastada, a protagonista finalmente começa a voltar para o rumo da história principal, agora que saiu do chalé onde vivia, certamente não voltará atrás.

Descobrir sobre a morte de Glenn e Abraham foi de fato devastador para Carol, e agora ela será peça fundamental para levar o reino para a guerra, mas fora isso, outro fator importante que pode ter trazido a heroína de volta a ativa foi o fato de ter ficado relutante de início em ensinar Benjamin a sobreviver, pois na cabeça dela, sempre que se envolve com alguém mais jovem, esse alguém acaba morto, como aconteceu em eventos anteriores, e no fim, por não permitir que ele a acompanhasse, Benjamin acabou morto.

2- Primeira personagem muçulmana

Sim, foi o que você leu!! Apesar da série sempre procurar diversificar as etnias e raças, foi a primeira vez que nos foi mostrada uma personagem muçulmana.

Publicidade

Nabila foi introduzida no episódio na cena em que vai até Ezekiel falar sobre os problemas de praga do jardim real. Seu nome significa em árabe: "Felicidade", ou "Honrada".

Ela é uma personagem exclusiva da série, mas nos quadrinhos existe uma outra personagem árabe chamada Siddiq.

3- A luta com os salvadores acabará com a sanidade de Morgan

Já era esperado que #Morgan teria uma participação crucial nesse episódio, e para a loucura dos fãs, foi perder a cabeça com Richard, vindo a matá-lo, deixando claro que ele pode estar sofrendo uma recaída ao seu estado mental da 3º temporada.

Durante o último episódio exibido da série, Morgan, ao revelar o que Richard havia planejado, ao se referir a Benjamin, ele pronuncia o nome de seu filho, Duane.

Após a morte de seu filho em algum momento entre a 1º e a 3º temporada, Morgan entra em uma espécie de estado de psicose, matando e cometendo atrocidades sem tamanho, foi só quando reencontrou Rick que começou a ficar mais estável. Mas agora que se afastou novamente do sistema que o mantinha são (a arte da paz do Aikidô), Morgan começou novamente a demonstrar instabilidade.

Publicidade

Na cena final, foi possível ver Morgan no chalé com seu bastão, de forma a sugerir que talvez ele volte a usar a arma da mesma forma que fazia na 3º temporada com seus inimigos, chegando inclusive a atacar seu único amigo mais próximo, Rick. #TheWalkingDead