Segundo o resumo dos capítulos da novela "A Lei do Amor", Tiago (Humberto Carrão) vai acusar Marina (Alice Wegmann) por participação indireta na morte de Elio (João Campos).

A situação ocorre quando Marina procura Ana Luiza (Bianca Muller) para comentar sobre o crime que tira a vida do jornalista e lamentar - como sabido, Magnólia (Vera Holtz) mata Elio depois que ele rouba o celular com o vídeo no qual a vilã confessa seus crimes.

Ela diz que sente muito e Analu é áspera, perguntando "e daí?". "E daí que gostaria de ter sido amiga do Elio. Dava pra ver que ele era um cara do bem. Pena que a nossa relação sempre foi tensa, por causa da história da Isabela (Alice Wegmann).

Publicidade
Publicidade

Uma vez ele marcou uma massagem, só pra me roubar um fio de cabelo pro exame de DNA!", responde a sósia de Isabela, segundo informações do site da jornalista Patrícia Kogut. Tiago aparece no local e começa a questionar os sentimentos da massagista, jogando na cara dela que ela é amiga de Magnólia e Tião (José Mayer) e, por isso, certamente sabia dos planos deles de matar Elio.

Marina rebate que, se soubesse de algo, teria falado. Ela é defendida por Flavia (Maria Flor), que chama Tiago de ridículo. Já Marina, pede que ele não use o falecimento do jornalista para descontar a raiva que sente dela.

Cabe destacar, a morte de Elio vai fazer Tiago mais uma vez desconfiar que Marina é Isabela. Isso acontece porque a massagista chora muito e fica inconsolável ao saber do assassinato.

Enquanto chora, Tiago a pressiona, perguntando se ela é a Isabela.

Publicidade

Sem saber o que responder, Marina o expulsa do SPA.

Resumo dos capítulos da novela "A Lei do Amor"

Ainda segundo o #Resumo dos #capítulos da novela "#A Lei do Amor", Tião vai chorar ao ser informado que Letícia (Isabella Santoni) está novamente com câncer. O banqueiro dirá que pretende pagar o melhor tratamento para a filha nos Estados Unidos.

"Você é muito valente. E vou fazer de tudo pra você sair dessa muito mais forte do que entrou! Eu te amo tanto, filha. Você pode não me chamar de pai, mas te amo muito, filha", dirá ele, bastante emocionado.