Emilly é a protagonista do BBB 17 e ela tem todo o merecimento que esse cargo exige. A sister fez sexo, bebeu, vomitou, foi atendida por médicos e participou de provas de resistência como não houvesse amanhã. O merecimento dela ter atingido o cargo de pessoa principal do 'Big Brother Brasil' não é negado por ninguém, mas até então, muita gente ainda duvidava que houvesse algum tipo de manipulação no BBB. No programa de segunda-feira, 6, essas dúvidas acabaram. Com a ideia do muro dentro de um paredão, justamente, com a namorada de Marcos, o reality show praticamente decidiu dar um milhão e meio de reais nas mãos da gata.

A manipulação da produção ficou ainda mais explícita quando Tiago acabou induzindo o emparedado Pedro ao erro.

Publicidade
Publicidade

O apresentador, que deve sair também da edição adulta do 'The Voice Brasil', começou o programa mentindo que haveria a votação para eliminar uma pessoa de verdade da casa. Em seguida, ele avisou que, caso existindo um empate, quem determinaria o eliminado seria o líder, aliado de Emilly, o advogado Ilmar. Cada participante foi dando o seu voto. Até que chegou a vez de Pedro. No momento do voto do jornalista, a votação com Ieda e Emilly estava empatada. Tiago induziu o jornalista a votar em Emilly. Leifert disse que Pedro era quem tinha que desempatar a disputa. "É com você, Pedro, quem você quer que saia da casa", disse o apresentador.

Confuso, Pedro votou na gaúcha, mas poderia ter jogado um voto fora, deixando essa missão com Ilmar. O advogado, como é aliado da namorada de Marcos, provavelmente, botaria Ieda para "fora" da casa.

Publicidade

Mas a produção pensou em absolutamente tudo. Tudo foi muito conivente e conveniente. Em um artigo escrito para o UOL, a protagonista da edição passada do BBB, Ana Paula Renault, disse que o 'Big Brother Brasil' pagou mico ao tentar fazer o telespectador de bobo.

E realmente pagou e até errou, virando pró-Emilly demais. Com alguém tao favorito, o público costuma se afastar. Dizem que a diferença entre o remédio e o veneno é a dose. A Globo errou na dose. #BBB Big Brother Brasil