Carlinhos é um dos principais videntes do mundo. No dia 3 desse mês, ele publicou um vídeo em sua rede social, no qual reafirma algumas previsões já feitas, revela novas visões e dá detalhes assustadores sobre o que virá pela frente no Brasil e no mundo. Uma das visões de Carlinhos fala sobre um grande terremoto que atingirá São Paulo. Segundo o paranormal, pelo menos 100 prédios desabarão completamente na capital e em cidades ao redor do grande centro paulista, como Campinas. O terremoto seria tão forte que seria sentido em outros estados, com estragos menores e, até mesmo, sentido também em países como o Chile. O país vizinho ao Brasil é conhecido pelos tremores comuns e também pelos muitos centros sismológicos, que são centrais que conseguem perceber os terremotos e catalogar a sua força.

Publicidade
Publicidade

Política

O #Vidente ainda fez mais uma vez previsões sobre a política brasileira. Segundo ele, o atual presidente do Brasil, Michel Temer, ainda no segundo semestre desse ano, não aguentaria a pressão popular e deixaria o poder. A partir disso, o governo federal ficaria ainda mais confuso até as eleições de 2018. Carlinhos revela que um novo nome forte irá surgir e que esse nome será o do Senador Álvaro Dias. A ex-Senadora Marina Silva começaria a eleição na frente, mas na reta final, como nas demais vezes, desabaria na preferência dos eleitores, não aguentando a campanha contra ela. Carlinhos a chama de "cavalo paraguaio". Já Álvaro Dias, do PSDB, será o nome escolhido por falta de opção do PSDB. Ele baterá de frente com o candidato da parceria PDT/PT, Ciro Gomes, e se sagrará vencedor do pleito de 2018.

Publicidade

Veja abaixo o vídeo com Carlinhos feito na semana passada. O paranormal faz diversas previsões muito chamativas. No entanto, a do terremoto em São Paulo e da eleição presidencial foram as que chamaram mais atenção. Na sua opinião, é mesmo possível prever o futuro? Deixe o seu comentário. Ele é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes para a sociedade.