Zezé Di Camargo é um dos cantores mais conhecidos do país. Ele e o irmão Luciano ficaram conhecidos pelo hit 'É o Amor', mas agora estão passando por problemas importantes. De acordo com informações do jornal carioca 'Extra', em reportagem publicada nesta terça-feira, 28, a dupla de cantores sertanejo perderá uma pequena fortuna a um ex-funcionário. Isso porque a justiça decidiu condenar os dois cantores a um valor bastante alto, quase R$ 70 mil. O dinheiro terá que ser pago a um ex-motorista da dupla, que há anos tem tentado conseguir a grana na justiça. O valor do processo é pequeno para os artistas, mas para o trabalhador fará toda a diferença.

O valor da indenização foi dado pela juíza Raquel Gabbai de Oliveira, da nona vara de justiça de trabalho.

Publicidade
Publicidade

O trabalhador que decidiu processar a dupla de irmão foi identificado como Murilo. Ele é sobrinho, justamente, do empresário da dupla sertaneja, Silvio Luciano. No processo, o trabalhador disse que era explorado e não pagava, por exemplo, horas extras a seus funcionários. Além disso, eles também não pagariam o décimo terceiro salário. Todas essas práticas são consideradas irregulares pela justiça do trabalho. De acordo com a decisão judicial, todo o dinheiro precisa ser pago em até quarenta e oito horas.

#Zezé di Camargo ainda enfrenta outro processo envolvendo funcionários. Dessa vez, quem entrou na justiça foi a viúva de um ex-segurança do cantor sertanejo, identificado como Alex. Marcela Boldrim decidiu entrar com um processo depois que o marido se suicidou, no ano de 2014. Não há mais informações sobre o processo.

Publicidade

De acordo com o Extra, esse corre em segredo de justiça.

O cantor sertanejo ainda teve problemas, nos últimos anos, com o repórter e colunista Léo Dias, do jornal 'O Dia' e do 'Fofocalizando', do SBT. Eles acabaram entrando em um acordo recente, o qual fala sobre evitar um falar mal do outro.

E você, o que achou da decisão da justiça e da política de trabalho adotada pelos cantores? Deixe seu comentário. A sua opinião é sempre importante.