Cazuza, sem dúvidas, é um dos maiores nomes da música nacional. Na década de 1980, várias músicas cantadas por ele tornaram-se verdadeiros fenômenos midiáticos. Muitas são lembradas até hoje. Ao decidir fazer sua carreira solo, deixando para trás o 'Barão Vermelho', o homem de letras poéticas e voz marcante acabava transformando um companheiro do ex-grupo ainda mais famoso, Roberto Frejat. O músico é um dos nomes mais lembrados até hoje quando o assunto é falar de rock. Mais de 30 anos depois de Cazuza sair da banda, Frejat decidiu contar toda a verdade do amigo e também sobre aquele momento por qual passava o 'Barão Vermelho'. É o que mostra uma reportagem do site da revista Veja, em publicação feita nesta quarta-feira, 19.

Publicidade
Publicidade

O depoimento dado por Frejat foi para um documentário e a cena divulgada pelo site da revista mais popular do país, até então era inédita. No documentário Barão Vermelho: Por Que a gente É Assim?, Cazuza é relembrado como o que sempre foi, um grande ídolo. Roberto revela que a amizade do grupo não era comercial ou apenas para vender, mas sim sincera. Tinham brigas e acertos, mas o grupo se amava bastante. O documentário é dirigido pela cineasta Mini Kerti. Ele será exibido na TV a cabo, através do canal pago 'Curta!', a partir do dia 8 do mês que vem. Durante o seu depoimento sobre o cantor, que faleceu em complicações da Aids, Frejat fica tão emocionado que chega a chorar.

No momento do choro, o cantor lembra o que considera uma das maiores parcerias com o amigo morto, a canção "Todo Amor que Houver Nessa Vida".

Publicidade

De acordo com ele, a música é muito densa e profunda. Para ele, a letra é muito avançada para uma pessoa que, como os dois, tinham pouco mais de 20 anos quando a canção foi composta. O músico chama a canção de fod* e diz ter muito orgulho em cantá-la. Não é a primeira homenagem ao cantor falecido. Recentemente, para angariar fundos para a instituição 'Viva Cazuza', vários cantores se reuniram e se apresentaram com as músicas que ficaram famosas na voz desse monstro sagrado.

Veja abaixo o vídeo que mostra o depoimento de Frejat sobre Cazuza. O vídeo é curto e dá uma ideia de como será o documentário sobre o 'Barão Vermelho', uma das maiores bandas do país.

E você, o que achou do depoimento do artista tão emocionado anos depois? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes para a sociedade. #Famosos