Os últimos dias do BBB 17 estão cheios de emoção. Além de todas as brigas de repercussão nacional, o médico #Marcos, acabou infringindo a lei com seus comentários sobre Marinalva, e pode se entender com a justiça ao sair do programa.

Entenda os fatos

Recentemente, Marcos jogava xadrez com Emilly e ele perguntou o nome de uma peça, e a sister respondeu que era cavalo manco. Ele retrucou, apelidando a peça de Marinalva, em referência ao fato da colega não ter uma perna. Emilly o repreendeu, para que ele não se complicasse mais no reality show.

Em outra situação, acabou comentando que Marinalva tirava a prótese de propósito, para se fazer de coitada e assim, chamar a atenção das pessoas por conta de sua deficiência.

Publicidade
Publicidade

O crime

O artigo 88 da Lei Brasileira de Inclusão, tipifica como crime o ato de praticar, incitar ou induzir a discriminação de alguém, por conta de sua deficiência. Se processado e condenado, o réu pode ficar recluso de um a três anos, além do pagamento de uma multa.

Existe uma agravante para esse tipo penal: se o crime for cometido em meios de comunicação, a pena sobe para dois a cinco anos de reclusão. Essa é a punição na esfera penal, o que não impede a própria vítima de ajuizar uma ação cível, pedindo reparação por danos morais.

Deputada comenta atitude de Marcos

A deputada federal, Mara Gabrili (PSDB-SP), que é portadora de deficiência física, repudiou o comportamento de Marcos e falou sobre a lei de inclusão. Ela disse que como médico, Marcos está muito desinformado sobre a condição de um deficiente físico.

Publicidade

A parlamentar salientou que uma prótese cansa e machuca e por isso Marinalva pode tirá-la quando quiser, sem se preocupar com o que os outros vão dizer.

Mara cita que a conduta do participante do Big Brother Brasil 17, mostra o despreparo da sociedade para lidar com pessoas que possuem alguma limitação física.

Criador de documentário também fala sobre o caso

Igor Castanheira, portador de deficiência física e criador do documentário ‘Paratodos’, que fala sobre atletas paralímpicos, falou da importância de ter um participante na condição de Marinalva, no BBB. Ele elogiou o fato da sister ser bem resolvida sobre a sua deficiência e criticou a conduta de Marcos, salientando que os comentários dele tiveram a intenção de menosprezá-la e que assusta, pois não partiu de alguém ignorante no assunto, mas de um médico.

O que você acha desse fato? Será que Marcos pensará duas vezes antes de falar sobre as pessoas? Deixe o seu comentário e opine! #BBB Big Brother Brasil