O clima dentro da casa mais vigiada do país, o Big Brother Brasil 2017 (BBB 17), continua tenso. Com diversos indícios de que Marcos abusou da namorada Emilly física e psicologicamente, os colegas dele pediram que a TV Globo tomasse medidas mais duras. Do lado de fora, os telespectadores que assistiram aos vídeos também ficaram indignados e muitos consideraram a possibilidade de expulsão do confinado no programa.

Na tarde desta segunda-feira, dia 10 de abril, um novo fato surgiu e deixou todo mundo sem entender nada. Apesar da rejeição na web, o brother passou pela berlinda do paredão ao lado da paratleta Marinalva e ficou na casa.

Publicidade
Publicidade

Pela internet, os fãs de Marcos manifestaram sua felicidade e disseram que ele está sendo "injustiçado" pela emissora e por pessoas que não querem ver o médico cirurgião plástico vencer o programa. Se #Marcos chegar à final e vencer, levará para casa o prêmio "singelo" de R$ 1,5 milhão.

Por conta disso, os seguidores do "bonitão" decidiram montar uma campanha pelo Twitter em apoio ao namorado de Emilly. Durante toda a tarde e noite foram tuitadas mais de 80 mil vezes - até o fechamento desta reportagem - a hashtag "Força Marcos" em apoio ao brother. Do lado de quem considerou agressão o que ele fez houve muita reclamação. Alguns internautas se revoltaram e disseram que é fanatismo o que está se fazendo em relação ao médico.

Confira abaixo o desenrolar da hashtag que está bombando na rede social.

Publicidade

BBB é "vergonha nacional"

Pela imprensa especializada em famosos, como os sites UOL, TV Foco e até mesmo a apresentadora Sônia Abrão, este é uma das piores edições do Big Brother Brasil. A própria jornalista disse que o que a Globo está apresentando e deixando acontecer dentro da casa é uma verdadeira "vergonha nacional", pois, na visão dela, expõe o machismo e perpetua a violência contra a mulher de modo absurdo.

Em alguns vídeos que foram citados pelas críticas feitas por estes veículos é possível ver Marcos apertando Emilly, encurralando ela contra a parede, apontando o dedo na cara da estudante e falando de modo a amedrontar e não dar vez para que ela se defenda.

Publicidade

Assista abaixo algumas das imagens:

Globo ignora agressões?

Na noite de domingo, o apresentador do programa, Tiago Leifert, disse que a emissora está atenta ao que acontece dentro do confinamento e que, se for necessário, medidas drásticas serão tomadas contra qualquer tipo de violência. Contudo, ele não sugeriu expulsão de Marcos, como foi solicitado pelas famílias dos brothers que estão lá dentro. O apresentador disse apenas que Emilly pode se sentir à vontade para falar sobre isso quando quiser. #BBB Big Brother Brasil