A Rede Globo de Televisão é a maior emissora de TV do país. Por isso, ela tem muitos funcionários, artistas e, é claro, muitos problemas. Nos últimos tempos, vimos José Mayer acusado de bater em uma figurinista de 'A Lei do Amor', o ex-jurado do 'The Voice Kids, o cantor Victor Chaves, entrar em uma polêmica com a esposa grávida e até um participante do 'Big Brother Brasil 17', Marcos, ser acusado de agressão à seu affair na casa, a vencedora do BBB, Emilly. Outro problema tão ou mais grave do que esses apontados amplamente pela mídia foi o que ocorreu com um pequeno bebezinho.

De acordo com informações da mídia, durante a gravação de uma cena na semana passada para a novela 'A Força do Querer', a criança teve sérios problemas e quase morreu, precisando ser levada às pressas para um hospital, onde foi internada.

Publicidade
Publicidade

A novela escrita por Glória Perez tinha sua equipe gravando um parto na água. Foi nesse momento que todos decidiram colocar um bebê de verdade na gravação. É sabido que cenas de novelas, para ficarem muito boas, são feitas e refeitas várias vezes. No entanto, há muitos recursos que podem ser usados para evitar que a criança fique em risco, como, por exemplo, colocar um boneco em seu lugar.

O incidente ocorreu na semana passada. A criança, muito frágil, ao gravar na água, começou a ter sintomas de hipotermia, que é quando a temperatura do corpo vai para menos de 35 graus. Por isso, ela precisou ser aquecida e levada para tratamento em uma região próxima da gravação. Ao saber que o bebezinho quase faleceu, a Globo ficou muito revoltada. O primeiro a contar essa bomba na mídia foi o jornalista Léo Dias, do jornal 'O Dia' e do 'Fofocalizando', do SBT.

Publicidade

De acordo com ele, após ficar sabendo da informação, a Rede Globo de Televisão anunciou que tomaria uma decisão forte sobre tudo isso. O setor de Recursos Humanos (RH) da emissora, ao saber de tudo, decidiu punir todo mundo imediatamente. A punição é uma das mais severas aplicadas pela empresa de comunicação. Inicialmente, a Globo queria demitir sua equipe, porém, mais tarde, outra decisão acabou sendo dada. Todos os envolvidos na sequência foram suspensos por um mês. Nenhum deles receberá salário durante a suspensão. Certamente, ficar sem o dinheiro do pagamento, em tempos de crise e às vésperas da páscoa, não é nada fácil.

E você, o que achou da decisão do canal? Deixe seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo. #Famosos