Entrar para o mundo da televisão é algo que torna uma pessoa rapidamente. Ainda mais quando são artistas que atuam em novelas e passam a fazer parte do dia a dia dos telespectadores.

Porém, eles são rapidamente esquecidos quando se afastam da TV. Relembre Atrizes e os #atores que fizeram história na telinha brasileira e foram esquecidos. Saiba realmente o que aconteceu e o que eles andam fazendo atualmente.

Eduardo Tornaghi: foi um dos maiores galãs dos anos 1970 até meados dos 1980. Depois de "A Gata Comeu", em 1985, o ator não quis renovar o contrato com a Rede Globo e sumiu. Trabalho na televisão não lhe faltaria, mas ele não queria mais.

Publicidade
Publicidade

O ator disse: “Essa exposição toda dá dinheiro, mas me coloca em uma prisão. A gente entra em um jogo de interesses e pira no show se não souber lidar. Não era o que eu queria e me afastei. Hoje, não tenho aquela grana, mas sou livre.”

Lucélia Santos: ficou internacionalmente famosa pela atuação na novela "Escava Isaura", que foi exibida com muito sucesso em 104 países. Atuou em muitas novelas da Rede Globo, entre elas "Guerra dos Sexos", "Vereda Tropical" e "Sinhá Moça". Sua ultima atuação foi em "Cidadão Brasileiro" na Record em 2006.

Mayara Magri: durante sua juventude, trabalhou em algumas novelas globais, como "A Gata Comeu", "Roda de Fogo" e "O Salvador da Pátria". Seu ultimo trabalho na televisão foi na Record em 2004, no remake de "Escrava Isaura". Recentemente, a #atriz disse: "O que eu mais queria era voltar a fazer uma novela, estou com muita saudade".

Publicidade

Hoje a atriz se dedica às obras teatrais.

Mário Gomes: já foi um dos maiores galãs da televisão. Foram mais de 30 novelas, incluindo vários sucessos, entre eles "Gabriela", "Guerra dos Sexos" e "Vereda Tropical". Em 2009, o ator trocou a Globo para Record TV. Sua última novela foi "Pecado Mortal", em 2013. O ator tem uma fábrica de roupas esportivas.

Leonardo Brício: atuou em muitas novelas de sucesso na Globo, entre elas "O Rei do Gado", "Anjo Mau", "Porto dos Milagres" e "Cor do Pecado". Em 2006, foi para a Record e seu último sucesso foi a novela "Rei Davi”, em 2012. Aos 53 anos, em ótima forma, afirmou: "É engraçado, porque não me chamam muito para papéis da minha idade". O ator atualmente se dedica ao teatro.

Neuza Borges: aos 75 anos, quer voltar a atuar, mas não consegue trabalho. A atriz diz que está decepcionada com a profissão que escolheu e ouvir que não existe trabalho que se encaixe com o seu perfil. Seu ultimo trabalho foi em "Salve Jorge", em 2012.

Alexandra Marzo: fez muito sucesso durante os anos 1990 em novelas Ga globo, como "Top Model" e "Mulheres de Areia".

Publicidade

Seu último papel na televisão foi em 1999, na novela "Suave Veneno". A atriz abandonou a televisão há 17 anos e afirmou não querer mais seguir a carreira. "Fico mais realizada na plateia, vendo os amigos em cena". Alexandra atualmente é roteirista.

Sérgio Hondjakoff: o eterno “Cabeção” foi considerado o personagem mais marcante até hoje pelo autor na história de “Malhação”. Ele fez tanto sucesso que ficou no ar por seis temporadas. Após “Malhação”, Sérgio não conseguiu mais emplacar. Em 2009, atuou em "Bela, a Feia", na Record e sumiu.

Carla Marins: fez 16 novelas na Globo. Em 2010, a atriz foi para o SBT e protagonizou a novela "Uma Rosa Com Amor". Em 2011, voltou para Globo e atuou na novela “Morde e Assopra”. No ano seguinte, participou da vigésima temporada de "Malhação". Desde então, Carla não foi mais vista no ar.

Cláudio Heinrich: atuou na primeira temporada de "Malhação" em 1995. Sua última novela foi "Pecado Mortal", na Record em 2013. O ator foi dispensado da emissora e atualmente, sem trabalho na TV, trabalha como professor de jiu-jitsu. Cláudio espera oportunidade para voltar a atuar.

Selton Mello: estreou na Globo em 1984, com apenas 11 anos, na novela "Corpo a Corpo". Atuou em outras novelas, entre elas "Sinhá Moça", "A Próxima Vítima", "A Indomada” e “A Força de Um Desejo", sendo esta a sua ultima novela. Em 1999, protagonizou a minissérie de maior sucesso da Globo, “O Auto da Compadecida”. O autor disse sempre receber convites para voltar a gravar novelas, mas a duração das gravações são enormes e parece incomodar o ator. #2017