O #Big Brother Brasil acabou ontem (10) para o médico Marcos Harter, de 37 anos. Após 76 dias de confinamento, Marcos foi expulso do programa após intimidar e agredir a namorada Emilly, na madrugada de domingo (9). O rapaz foi chamado no confessionário na noite de ontem e informado que deveria deixar o programa. Do confessionário, o médico já saiu direto para o hotel, tal como aconteceu na ocasião da sister Ana Paula, na edição passada do reality show. A família do rapaz foi avisada.

Durante sua briga com Emilly, o médico chegou a gritar, apontar o dedo na cara da namorada, beliscá-la e segurá-la com agressividade pelos pulsos.

Publicidade
Publicidade

A cena pode ser vista, na íntegra, pelos assinantes do canal pay-per-view do programa, e causou revolta nos internautas, que cobraram uma posição da Rede Globo a respeito do caso. Alguns internautas chegaram a mencionar a recente campanha movida pela Globo contra a atitude do ator José Mayer, que assediou a figurinista Susllem Tonani, lembrando à emissora de que o caso de Emilly também merecia visibilidade.

Veja vídeos da briga abaixo:

Inicialmente, a Globo deu pouco destaque ao assunto.

Publicidade

O apresentador do reality show, Tiago Leifert, ficou com a tarefa de comentar, durante a noite de domingo, o quanto a Globo estava preocupada com a situação e que estava preparada para intervir, se necessário. Esta atitude, no entanto, não foi o suficiente para os internautas, que apontaram o fato de que o comportamento de Marcos já podia ser considerado como agressão.

Na tarde de segunda (10), a delegada Viviane da Costa, titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), de Jacarapaguá, esteve nos estúdios da Globo para avaliar as imagens das discussões entre Marcos e Emilly. Emilly foi submetida a um exame clínico, realizado por um médico da Globo e ambos foram chamados separadamente ao confessionário, onde Marcos foi informado da eliminação, e Emilly, de seus direitos, assegurados pela Lei Maria da Penha.

O caso foi parar até mesmo no Jornal Nacional, como mostra o vídeo abaixo:

Posteriormente, Tiago Leifert anunciou a expulsão de Marcos para as demais participantes, incluindo Emilly, que ficou arrasada e inclusive, declarou-se culpada pelo ocorrido.

Publicidade

A sister repetia que aquilo não poderia estar ocorrendo, e sua colega de confinamento, Vivian argumentava, sabiamente, que a produção do programa não podia esperar o pior acontecer para intervir, e que situações como aquela aconteciam todos os dias com milhares de mulheres, e que algo precisava ser feito para evitar que a situação de agravasse, mesmo que Emilly acreditasse que Marcos não tinha a intenção de machucá-la.

Embora parte dos internautas torcessem pelo rapaz e tenham se posicionado contra a expulsão, utilizando a hashtag #ForçaMarcos, a grande maioria aprovou a atitude da delegada Viviane da Costa, e concordou integralmente com a expulsão do médico.

Veja abaixo alguns comentários a respeito do assunto no Twitter:

#Televisão #BBB Big Brother Brasil