#Pedro Bial deixou muitas saudades no BBB17. Por maior que Tiago Leifert tenha se esforçado, 16 anos à frente do maior reality show do país fizeram com que o Big Brother Brasil tivesse a cara do Bial. Com textos eloquentes e um controle do jogo, sem nunca ter interferido diretamente, Pedro Bial foi aclamado nas redes sociais e muita gente, até hoje, pede para que ele volte.

A passagem de Tiago Leifert nessa 17ª edição foi marcada por críticas, e comparações foram inevitáveis. O maior problema do apresentador mais jovem, como apontado, por exemplo, por Flávio Ricco do UOL, foi o fato dele interferir no jogo e em alguns momentos ficar dominado pelos jogadores, principalmente por Marcos, que tanto criticou a produção do BBB17.

Publicidade
Publicidade

Mas Pedro Bial agora, navega em outros ares. Num programa mais 'cult' a ideia é que ele concorra diretamente com outros talk shows no país, como Danilo Gentili e Fábio Porchat. Aliás, o horário será o mesmo. Ele vai ocupar o mesmo horário da grade de programação da emissora deixado por Jô Soares. A briga pela audiência já esquentou nos bastidores. Bial sabe que vai enfrentar uma 'guerra' contra Record e SBT pela audiência. Seu programa que deve estrear no dia 2 de maio, logo após o Jornal da Globo, no mesmo horário do Programa do Porchat e do 'The Noite', com Danilo Gentili.

O programa de Pedro, vai se chamar #Conversa com Bial. Sobre a concorrência do horário, Bial não demonstrou papas na língua e foi direto: 'Danilo e Porchat são dois apresentadores talentosos, mas quero que se estrepem, quero ganhar deles', disse o bem-humorado jornalista.

Publicidade

Sobre o formato da atração, Pedro Bial disse que a proposta é bem parecida com a dos concorrentes. Entretanto, ele quer ter em cada programa uma singularidade. O programa terá noites temáticas, como humor (contando com o apoio de Renato Terra), cinema, entre outros temas. O programa também terá uma banda assim como era no princípio com Jô Soares e copiado depois por Porchat (Pedra Letícia) e Danilo Gentili com o famoso Ultraje a Rigor. Os músicos serão paulistas (não deu mais detalhes). Sobre a diferença entre os concorrentes, Bial disse que os programas, apesar de convidados definidos, não nascem prontos e serão ajustados ao longo do tempo e com a prática. 'Aquilo que funcionar fica, o que não funcionar será substituído por outra ideia', disse Bial.

Bial ainda contará com alguns colunistas especializados em várias áreas, como música, economia, cinema. Alguns nomes de colunistas foram confirmados, como: Sérgio Rodrigues, Karol Conka, Ricardo Rangel, Eduardo Bueno e José Márcio Camargo.

Agora é esperar o programa que vai ao ar dia 2 de maio.