Nesta terça-feira, 4, o cantor Victor Chaves decidiu gravar um vídeo e comentou o indiciamento da Polícia Civil de Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais. O artista, que faz dupla sertaneja com o irmão Léo, foi indiciado por contravenção em um ato contra a própria esposa, Poliana Bagatini, de 29 anos. Ela está grávida de cinco meses. A Polícia disse que não comentaria muito o assunto, mas que o motivo do indiciamento era baseado no laudo do Instituto Médico Legal (IML) e em imagens de câmeras de segurança do local onde a confusão aconteceu. O pedido de indiciamento já foi levado à justiça e o cantor, caso condenado, pode ficar de 15 dias a três meses na prisão em regime fechado. A pena ainda pode ser revertida à prestação de serviços.

Em um vídeo publicado em seu Instagram, o cantor da dupla Victor e Léo desabafou.

Publicidade
Publicidade

Ele disse que está sendo vítima de boatos e que não bateu em ninguém, mas que sim tomou uma atitude para preservar a vida do próprio filho, lembrando que Poliana estava completamente descontrolada com tudo o que ocorreu. "Eu faria tudo de novo", disse ele no vídeo postado nas redes sociais. O profissional da música ainda negou que esteja indicado por agressão, como comentam nas redes sociais, mas sim contravenção, que é o ato de impedir alguém de sair de um local com força.

Polêmica

Na mesma data, a esposa dele, Poliana, apagou de uma rede social uma publicação em que defendia o marido. Na carta aberta, ela dizia que o esposo não a agrediu, mas que houve sim uma briga em família e que ela sentiu na polícia segurança para contar o que aconteceu. A mãe de #Victor Chaves também abriu um registro de ocorrência contra Bagatini.

Publicidade

No registro, ela disse que a nora está passando por problemas psicológicos sérios e que começou a quebrar tudo, assim que soube que o marido havia levado seus filhos para visitar-la.

E você, o que pensa sobre esse assunto? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes para toda a sociedade.