A norte-americana Meghan Linsey ficou famosa em todo mundo, após participar do 'The Voice' local. Nesse fim de semana, ela voltou a virar notícia em todo o planeta, após contar uma história sobre uma ferrenha disputa que vem trabalhando desde fevereiro, quando foi picada por uma aranha. Ela dormia quando aconteceu a picada e não deu tanta importância ao pequeno machucado que crescia em seu rosto. Não demorou muito para que a situação piorasse. Ela então descobriu dos médicos que o ser que a picou se tratava de um aracnídeo de extremo veneno, a aranha marrom.

A cantora apenas decidiu publicar as fotos de seu tratamento após ter melhorado.

Publicidade
Publicidade

Hoje a ferida em seu rosto está cicatrizada, mas após muitos momentos de pura aflição. Abaixo o leitor pode ver como o rosto da cantora ficou, mesmo após dias dela ter sido picada pelo ser aracnídeo. A foto é de dar aflição em qualquer pessoa.

Antes de divulgar as imagens, a cantora diz que ficou muito tempo sem aparecer, mas por um motivo difícil. A seguir, o leitor pode ver a evolução do machucado provocado no rosto da jovem artista. A imagem pode servir de alerta para pessoas que tem o costume de não se cuidarem. Rapidamente, o machucado foi virando um grande buraco no rosto dele, prejudicando justamente uma das formas dela ganhar dinheiro.

No Brasil, o caso com a cantora também ganhou grande repercussão. Roni Menezes, morador da cidade de Curitiba, no Paraná, contou que na região coisas parecidas acontecem ao comentar uma reportagem sobre o caso no UOL.

Publicidade

"Aqui em Curitiba já nos acostumamos com a aranha marrom. Todo casa tem. Das mais ricas até as mais pobres. Nos meses quentes estão por todos lugares. Mas achei estranho o rosto dela ter chegado ao ponto mostrado nas fotos", começou ele a tentar explicar o que acontece na cidade e o quão estranha acha a situação. "Conheço várias pessoas que foram picadas por aranha marrom, elas procuram um posto de saúde (todos aqui tem o antiveneno), receberam o antiveneno e levaram os comprimidos para casa e não sentiram mais nada", persiste ele na ideia de tentar explicar a ação do veneno do aracnídeo.

O paranaense Roni ainda revela que acredita que o caso da cantora somente chegou a esse ponto por falta de cuidado. "Só chega ao ponto das fotos quando a pessoa é picada e demora muito para procurar um médico. O local em volta da picada fica necrosado e às vezes é até preciso fazer um enxerto", garantiu ele na explicação bastante elucidativa. E você, o que achou das fotos sobre o caso que ganharam a internet e estão provocando medo em muita gente? É preciso ter cuidado para não virar mais uma vítima da aranha marrom? Deixe o seu comentário. Ele é importante e ajuda no diálogo de temas relevantes para toda a sociedade. #Famosos