A jornalista e apresentadora #Carla Vilhena foi um dos assuntos de maior destaque na noite desta sexta-feira (21), entre os telespectadores do #Jornal Nacional, da Rede Globo. Os tuiteiros de plantão que acompanham o noticiário não perderam a oportunidade de comentar sobre a aparência da moça, que definitivamente assumiu os #cabelos grisalhos.

Carla Vilhena substituiu a apresentadora oficial da atração, Renata Vasconcellos, dividindo a bancada com Heraldo Pereira que, por sua vez, cobriu a folga de William Bonner. Os cabelos levemente grisalhos de Carla dividiram as opiniões dos internautas. Muitos deles fizeram comentários indelicados, mas também foi grande o número de telespectadores que elogiaram a coragem da moça em assumir os fios brancos.

Publicidade
Publicidade

Teve quem achasse que o problema fosse questão de produção:

Como não é sempre que ela apresante o JN, muitos estranharam o visual da jornalista:

Mas, não faltaram internautas para defender a postura corajosa da apresentadora em assumir os fios brancos:

Carla responde

Em meio a tantos comentários questionando o aspecto de seus cabelos, a própria jornalista decidiu responder às dúvidas dos internautas, interagindo com o seguidor Nilson Xavier, que havia lançado a pergunta no ar.

Publicidade

Em recente postagem em seu site pessoal, a jornalista, de 49 anos, compartilhou com o público a informação que não pinta os cabelos há pelo menos 11 anos. A justificativa é que ela não gosta da cor dos cabelos. Além disso, a apresentadora afirma que tem os fios frágeis.

No entanto, a decisão de não mais tingir aconteceu quando ela engravidou de seu filho mais novo, Marcelo, que hoje está com 11 anos. "Como eu não podia usar químicas durante a gravidez e a amamentação, resolvi fazer uma experiência: deixar de vez de pintar", conta.

De acordo com Carla, no começo não foi nada fácil acostumar com os fios brancos. "Nada mais horrível do que raízes brancas em um cabelo pintado", recorda.

E, quando os fios estão metade brancos e metade pintados, com aquele aspecto horrível? Ela confessa que deu desespero, que ela quase desistiu, mas aguentou firme.

Publicidade

"Eu resisti e cheguei lá, cortando enfim o último trecho pintado", conta, ao explicar o processo usado para deixar os cabelos grisalhos de maneira uniforme.

Questão de personalidade

Se homens grisalhos são considerados charmosos e atraentes, nem sempre ocorre o mesmo quando são as mulheres que decidem assumir os fios brancos. Há quem diga que seja até questão de desleixo uma mulher deixar de tingir os cabelos.

Muito do preconceito, aliás, parte das próprias mulheres, mas, aos poucos, vai começando a cair por terra. Afinal, cada vez mais mulheres poderosas têm feito sucesso no cinema e na teledramaturgia com os cabelos grisalhos. Quem não se lembra da personagem Miranda Priestley, interpretada por Merlyl Streep, em O Diabo Veste Prada?

Mais recentemente, a atriz Vera Holtz deu vida à personagem Magnólia, em A Lei do Amor. Forte e decidida e com madeixas grisalhas, a vilã roubou a cena, do começo ao fim da novela.

A verdade é que, para assumir os cabelos grisalhos é preciso que a mulher seja dotada de muita personalidade e coragem. "Primeiro, coragem! Suporte as críticas das pessoas que não conseguem se livrar das convenções", ensina Carla Vilhena.

Além disso, a jornalista recomenda que as candidatas cuidem muito bem dos cabelos, caprichem na maquiagem e abusem dos penteados ousados.